O que está buscando?
MEU SESI - Entrar

Com robô personal trainer, alunos do Sesi e Senai de Jundiaí (SP) concorrem a prêmio internacional de inovação

Estudantes do ensino articulado Sesi e Senai estão entre as três equipes brasileiras finalistas no “Global Innovation Awards”. Alunos das escolas Sesi de Barra Bonita e Birigui também estão entre os competidores.

 Por: Karina Costa, Sesi São Paulo
27/05/202115:09- atualizado às 15:13 em 27/05/2021

Com o projeto de um robô com inteligência artificial que auxilia a prática esportiva, alunos do ensino articulado Sesi e Senai de Jundiaí (SP) vão representar as instituições no “Global Innovation Awards”, que reconhece as principais inovações desenvolvidas por estudantes de robótica em todo o mundo. Os jovens foram eleitos ao prêmio por terem se destacado na etapa regional América Latina da FIRST Robotics Competition (FRC), competição que combina esporte, ciência e tecnologia.  


Após participação na regional
América Latina da FIRST Robotics Competition (FRC), alunos de Jundiaí disputam o Global Innovation Awards entre as 20 melhores soluções inovadoras do mundo. No mesmo prêmio de inovação, o Sesi-SP será representado por alunos de Barra Bonita e Birigui, classificados pela participação na FIRST Lego League (FLL).

 

Jundiaí ganhou três prêmios na etapa regional da FRC

Denominado Personal Robot, que entre as funções incentiva treinos específicos e verifica se os movimentos do praticante da atividade física estão corretos, o projeto dos estudantes concorreu na categoria “FIRST Innovation Challenge” e recebeu prêmios por chegarem à semifinal regional e pela classificação para o mundial (Global Innovation Awards).


Alunos de Jundiaí com os prêmios pela participação na regional do torneio FRC, que os classificou para o
Global Innovation Awards. O resultado sai em junho deste ano.

 

Também na fase regional da FRC, a equipe Megazord 7563, formada por alunos do Sesi/Senai de Jundiaí, saiu premiada na categoria “INFINITE RECHARGE at Home Challenge Skill Competition”, ao cumprir missões com o robô em uma prova de habilidades. As mais de 1300 equipes participantes foram divididas em 52 grupos e os estudantes obtiveram a segunda maior nota no grupo em que concorreram.

 

Estudantes de Bauru e Campinas também conquistaram prêmios na regional da FRC

A estudante de Campinas, Vanessa Mendes Vieira da Silva, foi reconhecida na categoria “Dean’s List”, por demonstrar valores como liderança e inovação. O reconhecimento rendeu a ela a chance de avançar para a etapa final da competição, com resultado previsto para junho. 

 
Vanessa Mendes Vieira da Silva, do Sesi e Senai de Campinas, se destacou por perfil de liderança e segue para a final. 

 

A equipe da qual a aluna de 17 anos faz parte, a Nióbio 7566 (composta por alunos do Sesi Campinas Amoreiras, Hortolândia e Valinhos, que também estudam nas escolas Senai de Campinas) levou prêmios em outras duas categorias durante a fase regional: a “FIRST Innovation Challenge”, com um aplicativo que propõe conectar pessoas com deficiências para praticar esportes adaptados de forma recreativa; e a “INFINITE RECHARGE at Home Challenge Skill Competition”, ao cumprir missões com o robô em uma prova de habilidades. Na ocasião, entre as mais de 1300 equipes concorrentes, divididas em 52 grupos, eles obtiveram a melhor pontuação no grupo em que concorreram.

 Integrantes da equipe Nióbio 7566, de Campinas.

 

Outro destaque, na categoria “FIRST Innovation Challenge”, foram os estudantes de Bauru, que formam o time Octopus 7567. Eles foram premiados como semifinalistas pelo projeto O.S.A (Octo Sustainable Arm). Trata-se de uma prótese modular, sustentável e multifuncional que tem como objetivo auxiliar pessoas que possuem amputação transradial (abaixo do cotovelo) a praticar esportes, melhorando assim a qualidade de vida delas.


Integrantes da equipe Octopus 7567, de Bauru.

 

A FIRST Robotics Competition (FRC) é a mais complexa entre as competições de robótica da Fundação FIRST ("For Inspiration and Recognition of Science and Technology"). Ao combinar esporte, ciência e tecnologia, desafia alunos de 14 a 18 anos, estudantes do Ensino Médio, a construir e programar robôs de grande porte, que chegam a 54 kg e 1,5 metro de altura, e realizam tarefas na arena.

No Brasil, há 16 equipes ativas e cada uma reúne dezenas de estudantes. Nesta edição da FRC, as instituições Sesi e Senai participam do torneio com quatro times, entre os seis brasileiros que estão na disputa. Na temporada de 2021, a competição está sendo realizada online por restrições da pandemia Covid-19.

 

(Com informações da Agência de Notícias CNI)

 

Leia também:

Equipes de Robótica do Sesi SP estão classificadas entre as 6 melhores do país em soluções inovadoras

Equipe de robótica da rede escolar Sesi-SP vence prêmio internacional de inovação

Sesi Americana conquista prêmio em maior torneio de robótica do mundo

Equipes de robótica do SESI e SENAI SP conquistam prêmios em Las Vegas. Time de Bauru segue para mundial em Houston, EUA

SESI e SENAI de São Paulo conquistam prêmios em Nova York

Leia também