Menu Site

Após temporada de campeonatos mundiais, equipe de Natação do SESI-SP se prepara para o Troféu Brasil - Maria Lenk

Os atletas Etiene Medeiros, Priscila Souza, Matheus Gonche e o técnico Fernando Vanzella iniciaram o ano olímpico com participações nos Jogos Mundiais Militares e na Copa do Mundo de Natação
 Por: Elaine Casimiro, SESI São Bernardo
25/11/2019 10:32 - atualizado às 12:08 em 25/11/2019

A preparação para o ano olímpico já começou para a equipe de rendimento da natação do SESI-SP. Logo após os principais campeonatos do circuito nacional e internacional como os Jogos Pan-americanos e o Mundial de Natação, os atletas já estão com foco na preparação para seletiva olímpica que será no Troféu Brasil – Maria Lenk entre os dias 20 e 25 de abril na cidade do Rio de Janeiro.

Após um breve período de férias, as atletas Etiene Medeiros e Priscila Souza iniciaram o ciclo olímpico representando a seleção brasileira de natação nos Jogos Mundiais Militares que aconteceu em Wuhan, na China, entre os dias 18 a 27 de outubro.

A Etiene, que compõe o time de atletas da Marinha, conquistou prata nos 50m costas e bronze no revezamento 4 x 100m livre feminino. A Priscila, representante da Aeronáutica, conquistou suas primeiras medalhas internacionais.  Subiu ao pódio quatro vezes para receber a medalha de ouro na prova Lifesaving (Salvamento Aquático) de revezamento feminino 4 x 50m e mais três medalhas de bronze em provas de revezamento feminino e 50m livre.

“Foi o primeiro momento competitivo do ano olímpico para as meninas. Usamos como primeira etapa para analisar e ver em que estágio elas estão e como se comportariam nesta competição. As atletas apresentaram bons resultados com algumas medalhas e resultados técnicos satisfatórios”, explicou o técnico da equipe de rendimento da natação do SESI-SP, Fernando Vanzella.

Como parte da estratégia para preparação para duas etapas da Copa do Mundo de Natação, após os Jogos Militares, as duas atletas e o técnico ingressaram em um estágio de treinamento no Clube de Natação Sant Andreu, em Barcelona. Nesta fase, juntou-se à equipe o atleta Matheus Gonche que está em seu primeiro ano como integrante da equipe sênior da natação do SESI-SP.

“Foi muito positivo para o Gonche participar dessa fase porque os resultados na Copa do Mundo mostraram ótimos resultados com melhores tempos individuais dele, conseguiu ser finalista em duas provas, 100m e 200m borboleta, especialidade dele”, relatou Vanzella.

O último agrupamento da série da Copa do Mundo de Natação realizado em Kazan, na Rússia, entre os dias 1º a 3 de novembro e em Doha, no Qatar, no período de 7 a 9 de novembro garantiu bons resultados técnicos para essa sequência de preparação. “Os três voltaram muito motivados para as próximas etapas de treinamento”, complementou o técnico do SESI-SP.

Matheus Gonche avalia como uma das melhores experiências da vida. “Estou iniciando em competições internacionais e essa participação foi muito importante para minha evolução no esporte. Colhi novas experiências e compartilhei dias de treinamento e provas com pessoas que só somaram e fizeram melhorar minha carreira”, contou Gonche.

Etiene subiu ao pódio em Kazan ao conquistar a medalha de bronze nos 50m costas. Faltando cinco meses para seletiva dos Jogos Olímpicos, a atleta afirma está focada em traçar estratégias visando as provas 50m e 100m livre e 100m costas.

“Um mês fora foi muito bacana, estive ao lado de atletas de alto nível. Ao mesmo tempo tive que lidar com muitos desafios que foi o não nadar tão bem e também fiquei doente por conta de uma sinusite. Mas esses são alguns obstáculos que os atletas passam e faz parte da rotina. Agora é o início de uma nova fase de competição e momento de restabelecer metas. Por exemplo, até dezembro quero entrar na melhor forma física para ingressar no treinamento mais forte”, contou Etiene.

Em Doha, Priscila conquistou a prata no revezamento 4 x 100m livre misto.  “As minhas participações nesses campeonatos foram bem positivas. Consegui nadar provas com tempos bons e bem próximas as minhas melhores marcas e bem no meio da temporada que não é tão fácil, mas consegui encaixar um ritmo bom e trazer bons resultados”, declarou Priscila.

Depois do Campeonato Paulista que será realizado em dezembro, Priscila entrará na reta final de preparação para o Troféu Brasil. “Foco total na seletiva que pode garantir uma vaga nas olimpíadas. Aproveitar as minhas experiências dessa última temporada para colocar tudo em prática, avaliando os pontos que posso melhorar”, almeja atleta Priscila.

LEIA TAMBÉM