Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação
26/01/2020 00:35 - atualizado às 13:48 em 05/02/2020

Na primeira disputa por um título em 2020, o time masculino de vôlei do Sesi-SP lutou, buscou a virada, mas sofreu o revés. O grupo da capital paulista encontrou o Sada Cruzeiro na noite deste sábado (25) para a disputa da grande final da Copa Brasil 2020. Jogando na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul/SC, os meninos da Vila Leopoldina precisavam vencer o time mineiro para garantirem o primeiro título no torneio nacional, mas foi o adversário que levou a melhor por 3 sets a 0 (23/25, 22/25 e 12/25).

“Nós fizemos um bom jogo ontem na semifinal e hoje começamos muito bem na disputa da final. Nosso saque mais uma vez entrou bem, forte, e em alguns momentos conseguimos dificultar a virada de bola deles. Mas sabemos que o Cruzeiro é uma equipe forte e vêm crescendo desde a disputa do Mundial. Mesmo com o resultado, eu parabenizo a nossa equipe, acredito que estamos no caminho, é ajustar as coisas e seguir, que tem muito campeonato pela frente”, comentou o central Éder ao final da partida.

O time, que entrou em quadra com o levantador William, o oposto Alan Souza, os ponteiros Lucas Lóh e Fábio, os centrais Éder e Barreto e o revezamento entre os líberos Murilo e Pureza, começou bem o confronto contra os mineiros. Na frente do marcador em muitos momentos, o grupo comandado pelo técnico Rubinho manteve um equilíbrio importante, ficando atrás nas parciais no detalhe. Porém foi no terceiro set que o Cruzeiro cresceu em quadra, anulou as jogadas do Sesi-SP e levou a melhor.

Sem muito descanso, o Sesi-SP virá a chave e já começa a pensar nos jogos da Copa Libertadores. Entre os dias 28 de janeiro e 1 de fevereiro, o grupo da capital paulista estará na Argentina para participar do torneio pelo segundo ano.

LEIA TAMBÉM