Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação
22/04/2019 11:43 - atualizado às 15:45 em 05/05/2019

O objetivo durante o Troféu Brasil – Maria Lenk 2019 era credenciar o Sesi-SP para o Mundial de Gwangju, na Coréia do Sul, e para os Jogos Pan-americanos em Lima, no Peru. E após os seis dias de provas no Parque Aquático Maria Lenk/RJ, a meta foi concluída. Etiene Medeiros, medalhista de ouro em todas as provas individuais que competiu na última semana, garantiu vaga para o Mundial na Coreia do Sul (50m e 100m livre e 100m costas) e o Pan em Lima. Daynara de Paula compõe a seleção brasileira que irá para os Jogos Pan-Americanos. Além das nadadoras, o técnico Fernando Vanzella irá integrar a comissão do Brasil nas duas competições.

O torneio, que teve início no dia 16 de abril e terminou na noite deste domingo (21/4), além de definir as equipes que representarão o Brasil nos torneios internacionais, finalizou com o Sesi-SP na sexta posição geral com 522,50 pontos e oito medalhas, sendo quatro de ouro, uma de prata e três de bronze. Na classificação por gênero, as meninas ficaram em quinto lugar com 387,00. No masculino, o grupo também aparece na quinta colocação ao somar 136,00 pontos.

Dona das quatro medalhas de ouro conquistadas pelo Sesi-SP no Maria Lenk, Etiene Medeiros puxou a fila do pódio já no primeiro dia de provas. Com o tempo de 1:00.13, a nadadora ficou com o primeiro ouro da semana, na disputa dos 100m costas. A pernambucana voltou a nadar na casa dos 1:00, o que não fazia há três anos, e garantiu o lugar mais alto do pódio. Nos 100m livre, mais um ouro ao marcar 54.48.

Nas provas rápidas, de 50 metros, Etiene Medeiros voltou a brilhar. Com a marca de 27.36 no nado costas, a nadadora do Sesi-SP, campeã mundial na modalidade, cravou o melhor tempo do mundo em 2019 e um novo recorde no Campeonato Brasileiro – Maria Lenk. Os 50m livre também renderam bons frutos para a atleta. Ao finalizar a prova com 24.53, mais um recorde de campeonato foi quebrado e atualizado.

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA


“Quatro provas individuais, dois revezamentos, quatro ouros, dois recordes de campeonato, acho que foi muito positivo. Tive a impressão que projetando o que eu estava em 2015 está muito bom, principalmente a prova dos 50m livre. Por mais que tenha sido um resultado muito bom, teremos que olhar como será o Mundial e o Pan, a programação de provas. Sabemos que será um circuito muito intenso. Estou bem feliz. Algumas coisas me surpreendi, outras foram dentro do que eu esperava. Nadando na casa de 24.5 foi muito bom, perto do meu melhor. Assim como as outras provas também”, comentou Etiene Medeiros.

Daynara de Paula também subiu no pódio e ajudou o Sesi-SP na soma dos pontos. Nadando sua especialidade, borboleta, a nadadora ficou com a medalha de prata ao fechar os 100 metros com 59.04. Nos 100m livre, Daynara integrou o pódio junto com Etiene e garantiu o bronze (55.18). Entre os homens, Raphael Rodrigues também ficou com o bronze ao marcar 2:12.59 nos 200m peito.

Entre as provas coletivas, o revezamento 4x100m livre feminino, também rendeu bons frutos à equipe. Daynara de Paula, Sabrina Jacob, Etiene Medeiros e Priscila Souza formaram o grupo do Sesi-SP na disputa. E com o tempo de 3:42.86, subiram no pódio e ficaram com o bronze.

“No geral tivemos uma semana boa, com o pessoal desenvolvendo uma performance legal durante a competição. Alguns altos e baixos também aconteceram, o que é normal, faz parte desse tipo de torneio, mas conquistamos bons resultados para equipe e principalmente para Daynara que garantiu vaga no Pan e Etiene que pegou Pan e Mundial. Então saímos com um saldo bom e positivo. Agora já temos que virar a chave e já trabalhar em cima dessas competições”, explicou o técnico Fernando Vanzella.

Foto: Amanda Demétrio/Sesi-SP



LEIA TAMBÉM