O que está buscando?
MEU SESI - Entrar
Polinose

de Danilo Corrêa | Núcleo de Dramaturgia

Projeto: Portas Abertas

Direção de Carcaça de Poéticas Negras

Com Pat Carvalho e Piu Guedes

 

Um hospital erguido no centro de uma ilha longínqua é atravessado, ao longo do tempo, por pessoas que são acometidas por uma alergia misteriosa. Muitos entram e poucos saem dali. Além disso, outros lidam com as dores do esquecimento, da partida iminente, do atropelamento inesperado, das relações confusas e abusivas, dos amores interrompidos, da frustração cotidiana e da sensação de que aquele lugar está condenado à própria sorte. Ao seu redor, alguém sempre está querendo confessar algo, como se fosse a última tentativa. O próprio hospital é uma ilha. Um lugar em que todos se encontram com um abismo particular que pode ser mais angustiante que uma alergia.

Duração:

90 min

Direção: Carcaça de Poéticas Negras
Período de Inscrição: A programação acontece virtualmente, via Zoom, entre os dias 23 de novembro a 2 de dezembro, terças, quartas e quintas-feiras, sempre em dois horários, às 18h e às 20h, seguidas de análise e debate.
Sobre o Núcleo e o projeto: O Portas Abertas é um evento anual de leituras dramáticas de textos em processo de criação, feitos pelos participantes do curso Núcleo de Dramaturgia Sesi-SP, com aulas ministradas por Silvia Gomez e Angela Ribeiro.
Sobre os diretores: A Carcaça de Poéticas Negras começou em 2014 com o encontro de aprendizes do curso de Interpretação na Oficina MetaCultural realizado no Sindicato dos Metalúrgicos. Após a conclusão do curso, houve a necessidade de um aprofundamento nos estudos que caminhavam dentro de uma linha de pesquisa voltada a invisibilidade feminina, baseada na música “Geni e o Zepelim”, de Chico Buarque. A experiência de vida e as diárias provas opressoras, postas a cada um – artistas pretos – foi, sem dúvida, o disparador para começarem uma pesquisa que os contemplasse como moradores periféricos na Cidade de São Paulo. Dentro disso buscam levar para as regiões de atuação do grupo, a redescoberta de suas identidades ancestrais, tentando suprir uma camada de informações que tanto falta. Desejam que suas histórias sejam contadas, publicadas, lançadas de boca em boca nesse mundo que tende a silenciar e oprimir diariamente.

CLIQUE NA UNIDADE PARA RESERVAR

  Via Plataforma Zoom
    https://zoom.us/pt-pt/meetings.html
http://www.centroculturalfiesp.com.br/


01 DEZEMBRO
QUARTA

20:00