Menu Site
 Por: Núcleo de Comunicação

Como todo o Centro Cultural Fiesp, voltado para as mais variadas linguagens artísticas, no lounge de convivência, no foyer do Teatro do SESI, o público confere uma atração especial nas tardes de domingo. Ao vivo, de hora em hora, a música instrumental, dos mais diversos ritmos, do popular ao erudito, é apresentada gratuitamente. O espaço, charmoso e aconchegante para reunir os amigos, tem vista para o Jardim Burle Marx, e os visitantes ainda podem aproveitar para tomar um cafezinho na Patisserie Douce France.

No meio da agitada Avenida Paulista, um momento para relaxar e aproveitar

A arquitetura moderna do edifício Luís Eulálio de Bueno Vidigal Filho, sede do SESI-SP, que também abriga a FIESP, o CIESP, o SENAI-SP e o Instituto Roberto Simonsen, o tornou ponto de referência no skyline da cidade. Atração requisitada por turistas e habitantes de São Paulo, o prédio também possui uma fachada de concreto da Alameda Santos e um lindo jardim, ambos assinados pelo arquiteto, paisagista e artista plástico Roberto Burle Marx (1909-1994). Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 10 às 20h.

De terça a domingo, gratuito!

CLIQUE E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE JANEIRO

 

28 de janeiro | terça-feira
12h30 às 13h30 | 17h às 18h | 18h30 às 19h30

Ella Singer convida todos a embarcarem em seu navio carregado de sensações. Navegando entre as ondas sonoras com uma dinâmica especial, a artista leva o ouvinte à uma verdadeira festa nostálgica. A apresentação faz uma viagem pela delicadeza do piano, voz e percussão que acompanha as obras, que vai desde a música popular brasileira até hits internacionais.

Com um vasto repertório, trazendo músicas marcantes, Ella Singer interpreta canções consagradas e inesquecíveis de grandes artistas como Ella Fitzgerald, Amy Whinehouse, Eric Clapton, Ray Charles, Chico Buarque e Cassia Eller.

Popular.

29 de janeiro | quarta-feira
12h30 às 13h30 | 17h às 18h | 18h30 às 19h30

Em Raízes, meu DNA, aclamada por sua voz indiscutível, a cantora traz uma verdadeira imersão na diversidade musical brasileira, numa mistura de ritmos e maturidade artística. Com seu canto, expressa a mais sincera gratidão pelas águas onde bebeu durante sua formação musical. A artista transita entre a riqueza melódica e a cultura do choro, do samba raiz e a própria personalidade inserida no repertório.

Popular.

30 de janeiro | quinta-feira
12h30 às 13h30 | 17h às 18h | 18h30 às 19h30

Uma voz única e potente ecoa por todo espaço, penetra pelos poros como dedos longos a nos tocar, suaves. Ao ver a vida pelas lentes da canção, Márcia Mah faz da voz um guia em busca de novos horizontes, passeia por paisagens sonoras, levando na bagagem a herança miscigenada da MPB.

Márcia traz para o palco canções autorais como Pergunta ao Tempo, Coisas e Pureza, viajando por ritmos como choro, samba e forró que dialoga com a história da arte brasileira.

Popular.

31 de janeiro | sexta-feira
12h30 às 13h30 | 17h às 18h | 18h30 às 19h30

Folk it All combina as raízes do blues de Robert Johnson, o Southern Rock de Lynyrd Skynyrd e a energia do rock’n’roll de Elvis Presley. Com a junção da guitarra, o acústico do violão e a fusão de vozes em arranjos bem trabalhados, o trio traz sua identidade para grandes hits de todos os tempos. Acompanhado de um toque intimista e uma sonoridade diferenciada e contagiante, a banda apresenta ainda a mistura perfeita de clássicos da música internacional.

Popular.