O que está buscando?
MEU SESI - Entrar

Judocas do Sesi-SP conquistam quatro medalhas nos Jogos Sul-Americanos

Wilgner Mendes e Michel Augusto, atletas da equipe de Rendimento sediada no Sesi Botucatu, faturaram ouro por equipes e bronze em suas categorias.

 Por: Amanda Demetrio, Comunicação Sesi-SP
14/10/202212:24- atualizado às 14:32 em 16/11/2022

O judô do Sesi-SP segue brilhando nas competições. A mais recente delas foi nos Jogos Sul-Americanos de Assunção 2022, no Paraguai, onde os atletas Wilgner Mendes e Michel Augusto, da equipe de Rendimento sediada no Sesi Botucatu, trouxeram na bagagem quatro medalhas conquistadas nas disputas individuais e por equipes. 

Ambos faturaram o bronze em suas categorias – Michel na até 60 kg e Wilgner na até 90 kg – e também foram campeões por equipes ao vencerem o time peruano na final. Ambos ajudaram o judô brasileiro a terminar as disputas individuais com 12 pódios conquistados. Representado por uma seleção de jovens e promissores atletas, o país liderou de forma isolada o quadro geral de medalhas da modalidade e, com 5 ouros, 3 pratas e 4 bronzes, confirmou mais uma vez sua hegemonia no continente. 

Na terça-feira, 11, primeiro dia de competição, Michel Augusto (60kg) abriu a tarde com a conquista da medalha de bronze. Em sequência, vieram os ouros de Thayná Lemos (52kg), Ronald Lima (66kg) e Gabrielle Gonzaga (57kg) e a prata de Jonas Ribeiro (73kg). Para fechar o dia, Gabriella Mantena (63kg) venceu a uruguaia Martina Howard e garantiu o bronze da categoria meio-médio. 

Já na quarta-feira, 12, a primeira medalha dourada brasileira veio antes mesmo do início do bloco final. Em um formato de disputa por grupo, a peso pesado Giovanna Santos (+78kg) venceu quatro lutas por ippon e se consagrou campeã sul-americana. Pela tarde, Gabriel Arévalo (100kg) levou a medalha de ouro, Millena Silva (70kg) e Beatriz Freitas (78kg) foram prata e Kauan Jorge dos Santos (81kg) e Wilgner Mendes (90 kg) bronze. 

Já na quinta-feira, 13, veio a medalha de ouro por equipes. O título veio em uma decisão emocionante contra a seleção do Peru, pelo placar de 4 a 3, e fechou com excelência a campanha do judô brasileiro em Assunção. Ao todo, foram seis ouros, três pratas, quatro bronzes e a liderança isolada no quadro de medalhas da modalidade. 

O país estreou diretamente na semifinal e, de forma tranquila, passou pela Venezuela (4 a 1). Os pontos da vitória foram marcados por Jonas Ribeiro (-73kg), Millena da Silva (-70kg), Wilgner Mendes (-90kg) e Gabriel Arévalo (+90kg). Já no lado venezuelano, Elvismar Ruiz (+70kg) descontou. 

Na grande decisão contra o Peru, a emoção foi até o último minuto. Nenhum dos países conseguiu manter a sequência de duas vitórias seguidas e, no final dos combates, a luta desempate precisou acontecer. A categoria sorteada foi +70kg e Beatriz Freitas, que foi medalha de prata no meio-pesado, venceu Camila Aquino pela segunda vez no dia com uma chave de braço. Ippon e ouro para o Brasil.

 

Crédito das fotos: Divulgação

Leia também