Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação
07/08/2019 11:21 - atualizado às 11:34 em 07/08/2019

O primeiro dia de provas da natação nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, o Peru, começou bem para o Brasil e para as nadadoras do Sesi-SP. Etiene Medeiros e Daynara de Paula formaram o quarteto brasileiro para o revezamento 4x100m livre feminino, e com o tempo de 3m40s39, ficaram com a prata. Larissa Oliveira e Manuella Lyrio integraram a equipe.

Sem precisarem nadar as eliminatórias pela manhã, a prova do revezamento foi disputada apenas na madrugada desta quarta-feira (7/8).  Etiene foi a primeira a cair na água e garantir a frente para o time brasileiro. Larissa assumiu o comando da prova e manteve as brasileiras na liderança. Nos últimos 200 metros, Manuella e Daynara foram surpreendidas pelas norte-americanas que assumiram a primeira colocação e confirmaram o ouro (3m39s59). O Canadá chegou em terceiro e garantiu o bronze com 3m41s01.

Manuella Lyrio, Larissa Oliveira, Daynara de Paula e Etiene Medeiros/Divulgação

 

"A natação brasileira começou o Pan recheada de medalhas. Nadar este revezamento com as meninas é muito importante. Sabemos o quanto a natação feminina faz a diferença neste 4x100m livre. Estou bem feliz. Ter aberto o revezamento foi uma coisa diferente para mim, então avalio que foi boa a mudança. O gostinho da prata veio no finzinho. Tenho certeza de que todo o Brasil torceu até o fim, como nós na beira da piscina, acreditando até o final da prova. Importante é que essa prata possa fazer diferença para o Brasil até o término dos Jogos Pan-Americanos", avaliou Etiene.

A programação das meninas do Sesi-SP no Pan-Americano de Lima segue até o sábado (10/8): 100m borboleta (Daynara), revezamento 4x100m livre misto (Etiene), 100m livre (Daynara), 100m costas (Etiene), 4x100m medley misto (Etiene), 50m livre (Etiene) e 4x100m medley feminino (Etiene).

Divulgação

 

LEIA TAMBÉM