Menu Site
 Por: Sesi Vôlei Bauru
29/01/2020 09:26 - atualizado às 13:48 em 05/02/2020

O Sesi Vôlei Bauru superou o Fluminense por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 27/25 e 30/28, nesta terça-feira, à noite, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru, pela terceira rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 2019-2020. Com o resultado, a equipe se mantém na quinta posição, com 28 pontos.

O próximo duelo da equipe bauruense será pela Copa Brasil, no dia 31, sexta-feira, às 21h30, em Jaraguá do Sul (SC), contra o Sesc RJ. Em caso de vitória, jogará a grande final no sábado, 1, às 21h30. Pela Superliga Banco do Brasil 2019/2020, o time voltará à quadra, no dia 4 de fevereiro, contra o São Paulo/Barueri, fora de casa, valendo a quarta rodada da competição.

Os demais jogos, serão: 07/02, contra o Sesc RJ, em casa; 11/02, contra o Flamengo, em casa; 15/02 contra o Osasco Audax/São Cristóvão Saúde, em Osasco; 06/03 contra o Dentil Praia Clube, em casa; 28/02, contra o Minas, em Minas; 03/03 contra Valinhos, em casa; e o último jogo do returno, será no dia 10/03, contra São Caetano, em São Caetano.

Adenizia se apresentou em casa, e fala sobre sua recuperação e adaptação na equipe. “Foi muito especial me apresentar em casa. Mas é nítido que eu ainda não estou no ritmo, vamos ter que trabalhar bastante, porque sei do meu momento. Estou aqui para ajudar a equipe, e aos poucos vou entrando melhor dentro de quadra. Não adianta cobrar a Adenizia de antigamente, porque ainda estou me recuperando. Mas a alegria e a vontade sempre estão comigo”, destacou a central. 

O jogo

O Sesi Vôlei Bauru iniciou o jogo contra o Fluminense com a seguinte formação: Dani Lins, Polina, Gabi Candido, Valquíria, Andressa, Sarah e Tássia. O início do primeiro set foi dominado pelo Sesi Vôlei Bauru, que ficou à frente do placar por dois pontos de vantagem, no 7/5. O Fluminense se recuperou e aproveitou os erros que o Sesi passou a cometer e passou o placar no 11/13, obrigando Anderson a parar o jogo. No reinício, com 15 minutos de jogo, o time da casa passou o placar no 16/15. Quando Polina atacou e marcou o 17 ponto da parcial, o técnico Hylmer Dias pediu tempo. Sesi voltou para a partida marcando três pontos de vantagem, no 19/16. Sesi chegou ao set point com quatro pontos de vantagem e fechou a parcial em 25/20.

O segundo set iniciou equilibrado no 4/4. O Fluminense chegou a ficar com três pontos de vantagem, no 5/8, e o Anderson Rodrigues parou o jogo. A parcial seguiu equilibrada, no 11/11. Mas com 12 minutos de jogo, o time carioca passou o Sesi, no 11/14, fazendo com que Anderson Rodrigues pedisse tempo. No reinício, Sesi se recuperou, e no 15/16, Hylmer Dias parou o jogo. Com atuação mais consistente na recepção e no saque, o Sesi Vôlei Bauru impôs dificuldades às cariocas e encostou, no 20/20, obrigando Hylmer a parar mais uma vez. A partir daí, o final do set foi emocionante, brigando ponto a ponto, no 24/24, 25/25, e fechou a parcial em 27/25.

O Sesi Vôlei Bauru abre o terceiro set, com vantagem de dois pontos, no 3/1. Mas o Fluminense reage e passa o placar, com 4 minutos de jogo, no 4/5, se mantendo com três pontos de vantagem, no 7/10, quando Anderson Rodrigues parou o jogo. A partir daí, o Sesi diminui a vantagem do Fluminense, no 13/14.  Nesse momento, foi a vez do Hylmer Dias, parar o jogo. Adenizia entrou em quadra nos 15 minutos do terceiro set. O jogo seguiu equilibrado, no 20/20. Nesse momento, Hylmer decidiu para o jogo mais uma vez. Sesi virou no 21/20 e o final do set foi disputado ponto a ponto. Sesi chegou ao set point, mas Fluminense alcançou. E com o placar no 26/27, Anderson parou o jogo. As equipes se mantiveram na briga ponto a ponto e a parcial fechou em 30/27.

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no confronto foram a ponteira Polina, com 14, Valquiria, com 11, Tifanny, com 10, Sarah, com 8, Glayce, com 6, Gabi Candido, com 5, e Andressa, com 4. A vencedora do troféu VivaVôlei ficou para a central Valquíria, eleita a melhor do jogo.

LEIA TAMBÉM