Menu Site
 Por: Sesi Vôlei Bauru
18/11/2019 14:11 - atualizado às 11:45 em 25/11/2019

O Sesi Vôlei Bauru venceu em casa o Curitiba Vôlei por 3 sets a 0 no segundo jogo pela Superliga feminina 2019/2020, nesta sexta-feira à noite, com parciais de 25/16, 25/15 e 25/19. Agora a equipe se prepara para encontrar o São Paulo/Barueri, no próximo dia 23, às 19h, em Bauru, no Ginásio Panela de Pressão.

O jogo

O Sesi Vôlei Bauru iniciou a partida com a seguinte formação: Valquíria, Glayce, Tifanny, Polina, Dani Lins e Tássia. O primeiro set começou com o grupo da casa marcando o primeiro ponto e saindo na frente com 3/1, forçando o técnico do Curitiba Vôlei, Duda Nunes parar o jogo. No reinício, o Sesi Vôlei Bauru aumentou a vantagem para seis pontos (9/3). Com o bom desempenho do time da casa, Duda se viu na necessidade de parar o jogo novamente, com o placar marcando 13/6. O time bauruense permaneceu na frente, aumentando a vantagem para nove pontos, e mesmo com uma recuperação do Curitiba no final da parcial, o Sesi Vôlei Bauru fechou o set na frente com 25/16.

No segundo set, as comandadas do técnico Anderson sairam na frente novamente com quatro pontos de vantagem. Com o placar de 5 a 1, Duda Nunes parou o jogo, mas o Sesi-SP manteve a dianteira. O Curitiba chegou a diminuir a vantagem para um ponto apenas (7/6), mas o time da casa mais uma vez se recuperou e voltou aos quatro pontos de vantagem. Com o placar de 16/10, Duda Nunes parou o jogo, mas as meninas de Bauru seguiram na frente e fecharam o set em 25/15.

O terceiro set iniciou com o Sesi Vôlei Bauru comandando o jogo novamente. O grupo de Curitiba ensaiou uma recuperação, mas o time da casa se manteve na frente. Com a passagem dos pontos, o jogo foi ficando mais equilibrado, com uma boa recuperação do Curitiba, deixando o placar em 15/14, obrigando o Anderson Rodrigues pedir tempo. No reinício, o time visitante alcançou o time da casa com 16/16, mas o Sesi Vôlei Bauru passou o Curitiba e fechou o terceiro set com 25/19.

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no confronto foram: a ponteira Tifanny, com 17 pontos, a oposta Polina, com 15 pontos, a ponteira Glayce e as centrais Mayhara e Valquíria, com 5, e a levantadora Dani Lins, com 3 pontos.  

O técnico Anderson Rodrigues destacou que a vitória foi muito importante para dar uma respirada após duas derrotas seguidas. “Voltamos a vencer e o psicológico vai melhorar para os próximos jogos. Estamos no caminho certo, vamos continuar trabalhando para fazer um bom campeonato a partir de agora”, ressalta Anderson.

Troféu VivaVôlei

O troféu VivaVôlei do jogo foi para levantadora e capitã do time, Dani Lins, eleita a melhor jogadora em quadra. 

Priscila Nóbrega/Sesi Vôlei Bauru