O que está buscando?
Portal Educa    MEU SESI - Entrar

Polo aquático do Sesi-SP fica com a prata na Liga Nacional 2018

Enquanto os meninos enfrentaram o Pinheiros, as meninas mediram forças contra o Flamengo

Enquanto os meninos enfrentaram o Pinheiros, as meninas mediram forças contra o Flamengo

 Por: Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp
10/12/201816:00- atualizado às 08:46 em 20/12/2018

Depois de se consagrarem campeãs paulistas, as equipes de polo aquático do Sesi-SP fizeram bonito e chegaram à grande final da Liga Nacional 2018. Na tarde deste domingo (9/12) na piscina do Botafogo, Rio de Janeiro, os times da indústria caíram na água na briga pelo troféu de campeão nacional. Defendendo o título conquistado no ano passado, o grupo masculino ficou atrás na disputa contra o E.C. Pinheiros com o placar de 11 a 5. No feminino, participando pela primeira vez de uma decisão na categoria adulta, melhor para o Flamengo que venceu por 16 a 7.

Após passarem pelo Flamengo nas quartas de final (7x6) e pelo Fluminense na semifinal (9x7), os comandados do técnico André Avallone chegaram para a final com o objetivo de garantir o terceiro título na competição. Reeditando a final paulista da última semana, Sesi-SP e Pinheiros voltaram a se enfrentar, agora pela Liga Nacional. Embalados com o título paulista, o grupo da Vila Leopoldina iniciou a partida de forma equilibrada e impondo dificuldade.

A partir do terceiro quarto, o adversário abriu vantagem. Grummy cresceu no jogo pelo lado do Pinheiros, enquanto os atacantes do Sesi-SP sofreram para chutar. Ficando cada vez mais longe no marcador, os meninos da indústria passaram a administrar a partida para tentar diminuir o poder de ataque do outro lado. Com uma diferença de seis gols, o Sesi-SP ficou com a prata no nacional. Os gols foram marcados por Roberto Freitas, Marcos Goes, Rudá (2) e Arthur Salgado.

No feminino a disputa também foi difícil. Chegando pela primeira vez na final de campeonato nacional adulto, o grupo comandado pelo técnico Fagner Máximo passou pela ABDA na semifinal (8x7) antes de medir forças contra o Flamengo. Diferente do time masculino, que ficou um período sem marcar gols, na disputa entre as meninas o jogo seguiu com os quartos um pouco mais equilibrados. As cariocas abriram vantagem logo no começo com três gols de diferença, as jovens paulistas lutaram, marcaram gols, mas acabaram superadas pelo grupo mais experiente. Os gols do Sesi-SP foram marcados por Yasmin (3), Mirella (2), Maria Gabriela e Julia Souza.