Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação
14/02/2019 10:33 - atualizado às 09:31 em 29/03/2019

Na primeira edição da Copa Libertadores de Vôlei masculino, os meninos do Sesi-SP chegaram na fase final e garantiram um lugar no pódio. Após encerrarem a fase classificatória na primeira colocação do grupo e sofrerem um revés na semifinal, os comandados do técnico Rubinho venceram o EMS Taubaté Funvic de virada na tarde desta quarta-feira (13), no Ginásio Abaeté por 3 sets a 2 (26/28, 19/25, 25/18, 25/22 e 15/10) e conquistaram o 3º lugar do torneio sul-americano.

“A gente sabe que não é fácil perder uma semifinal no dia anterior, ainda mais em um jogo muito batalhado e decidido nos detalhes. Então hoje nessa disputa de terceiro e quarto colocado foi difícil engrenar e entrar no jogo, mas no terceiro set conseguimos nos concentrar melhor e aí dominamos mais o restante da partida. Foi uma vitória importante, é uma competição nova e a gente torce para que ela tenha continuidade”, explicou o líbero Murilo.

Depois de sofrer uma derrota para o Sesc-RJ por 3 a 2 (25/17, 18/25, 23/25, 25/21, 13/15) na semifinal, o Sesi-SP retornou para quadra ainda na busca por um lugar no pódio. Do outro lado, assim como os meninos da Vila Leopoldina, o grupo de Taubaté também vinha de uma derrota no tie break para o Bolívar, da Argentina. Um dia após perderem a chance de brigar pelo título, as equipes se enfrentaram no tradicional clássico paulista e melhor para o time da capital paulista.

O confronto entre as equipes começou morno e com o grupo do Vale do Paraíba assumindo a dianteira. Os comandados do técnico Rubinho chegaram a reagir, complicaram a vida do adversário, mas ainda assim viram o Taubaté abrir 2 a 0. Mesmo com o placar favorável para o Taubaté, os meninos do Sesi-SP não se deixaram abater e buscaram a virada no marcador.

Com o levantador William, o oposto Alan Souza, os centrais Éder e Gustavão, os ponteiros Lipe e Lucas Lóh e o líbero Murilo, além da entrada do ponteiro Renato, o central Barreto, o levantador Evandro e o oposto Franco na inversão do 5-1 e o líbero Pureza, o grupo paulista chegou ao empate no marcador e com sabedoria levaram a melhor no tie break.

Mais tarde, também no Ginásio Abaeté, em Taubaté, Sesc-RJ e Bolívar se enfrentaram, e no duelo para definir o grande campeão, melhor para o grupo da Argentina. Com o placar de 3 sets a 0 (23/25, 18/25 e 27/29), o time, único argentino entre os quatro finalistas, fez festa em solo brasileiro.

Na premiação final, além do troféu e das medalhas de terceiro colocado, o ponteiro Lipe foi escolhido o melhor da posição no campeonato e compôs a seleção da Copa Libertadores de Vôlei.

Criado para ser um campeonato altamente competitivo, o torneio, uma iniciativa da Associação de Clubes da Liga Argentina de Vôlei (ACLAV) e da Associação de Clubes de Voleibol Brasileira (ACV), aprovada pela Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), contou nesta primeira edição com os quatro primeiros clubes ranqueados na última Superliga e os quatro melhores do voleibol argentino. No grupo A estavam: Sada Cruzeiro, Sesc-RJ, Bolívar e Ciudad Volley, enquanto Sesi-SP, EMS Taubaté Funvic, UPCN e Libertad formaram o grupo B.



Foto: Lucas Ian/Maxx Sports - Assessoria de Imprensa Vôlei Taubaté

 

FASE CLASSIFICATÓRIA

Jogos de ida (grupo A):

  • 28/09 às 20h, em Contagem – Sada Cruzeiro 1 x 3 Sesc-RJ
  • 30/10 às 18h30, em Contagem – Sesc-RJ 3 x 1 Bolívar
  • 30/10 às 21h30, em Contagem – Sada Cruzeiro 3 x 0 Ciudad
  • 31/10 às 18h, em Contagem – Sesc-RJ 3 x 0 Ciudad
  • 31/11 às 20h, em Contagem – Sada Cruzeiro 3 x 0 Ciudad
  • 11/12 às 21h30, em San Carlos – Bolívar 3 x 0 Ciudad

Jogos de volta (grupo A):

  • 08/01 às 18h30, em San Carlos – Ciudad 0 x 3 Sesc-RJ
  • 08/01 às 21h30, em San Carlos – Bolívar 3 x 0 Sada Cruzeiro
  • 09/01 às 18h30, em San Carlos – Ciudad 3 x 2 Sada Cruzeiro
  • 09/01 às 21h30, em San Carlos – Bolívar 3 x 0 Sesc-RJ

 

Jogos de ida (grupo B):

  • 05/11 às 19h, em San Juan - Libertad 0 x 3 SESI-SP
  • 05/11 às 19h, em San Juan – UPCN 2 x 3 EMS Taubaté Funvic
  • 06/11 às 18h, em San Juan – Libertad 0 x 3 EMS Taubaté Funvic
  • 06/11 às 21h, em San Juan - UPCN 3 x 0 SESI-SP
  • 14/11 às 20h, em Taubaté - Taubaté 0 x 3 SESI-SP
  • 04/12 às 21h, em San Juan – Libertad 2 x 3 UPCN

Jogos de volta (grupo B):

  • 15/1 às 18h, em São Paulo – EMS Taubaté Funvic 1 x 3 UPCN
  • 15/1 às 20h30, em São Paulo – SESI-SP 3 x 0 Libertad
  • 16/1 às 18h, em São Paulo – EMS Taubaté Funvic 3 x 0 Libertad
  • 16/1 às 20h30, em São Paulo – SESI-SP 3 x 1 UPCN

 

FASE FINAL

Semifinal

  • 12/2 às 19h, em Taubaté – SESI-SP 2 x 3 Sesc-RJ
  • 12/2 às 21h, em Taubaté – EMS Taubaté Funvic 2 x 3 Bolívar

Terceiro colocado

  • 13/2 às 16h45, em Taubaté – EMS Taubaté Funvic 2 x 3 SESI-SP

Final

  • 13/2 às 19h, em Taubaté – Sesc-RJ 0 x 3 Bolívar