O que está buscando?
MEU SESI - Entrar

Com mais de mil atletas, Liga Sesi-SP Treinamento Esportivo encerra com chave de ouro

Sesi Ribeirão Preto e Sesi Sertãozinho foram o palco das decisões entre 7 e 9 de outubro

 Por: Julia Abrão, Sesi Ribeirão Preto e Sertãozinho
11/10/202218:52- atualizado às 18:52 em 11/10/2022

Inspirador. Assim pode ser definido o evento que marcou as finais da Liga Sesi-SP Treinamento Esportivo, nos dias 7, 8 e 9 de outubro, nas unidades do Sesi Ribeirão Preto e Sesi Sertãozinho.

Mais de mil atletas estiveram presentes na competição que busca, além de descobrir jovens talentos, trazer o esporte como ferramenta educacional, com potencial para formar cidadãos e mudar vidas.

“Um evento como esse que recebe mais de mil jovens atletas que aspiram ascender no esporte é muito marcante. É um evento que transforma a vida das pessoas. A competição não só trata toda essa questão esportiva, mas também educa. Educa para o bem, para ser cidadãos mais proativos, cidadãos do bem, que colaboram com os colegas, que são solidários. Então, é um evento que transcende o mundo do esporte. Independente de se tornarem atletas ou não, todos os presentes vão ser pessoas melhores, com certeza”, afirmou Pedro Caliari, gerente de Qualidade de Vida do Sesi-SP.

O Sesi Ribeirão Preto foi palco de três modalidades, Judô, Polo Aquático e Basquete, enquanto o Sesi Sertãozinho recebeu Vôlei, Natação e Rugby. A logística para atender todo o evento contou com o empenho e dedicação de mais de 150 funcionários nos dois CATs, durante os três dias de competição.

“A maior importância que eu vejo nesse evento é o multiculturalismo, no qual todos os funcionários participam. A partir do esporte, todo mundo entra em uma corrente de união, de participação, de cooperação e de um exercício muito maior, que é o exercício da cidadania, de lidar com a diferença. Eu entendo que é essa a nossa missão e só posso reafirmar os princípios da nossa entidade, que cada vez mais nos resgata para a vida, enquanto colaborador, enquanto aluno, enquanto cidadão. Porque lidar com o diferente e com a diversidade é um grande ensinamento para esses jovens, para nossas equipes e para nós mesmos”, analisou o diretor regional Álvaro Alves Filho.

Além dos atletas em formação, a Liga Sesi também recebeu alguns atletas do Rendimento, como Thaiana Amaral, ex-aluna do Sesi Sertãozinho, que atualmente defende o Sesi São Bernardo na Natação.

“É uma sensação muito boa olhar essas crianças e lembrar do meu passado, quando eu estava no lugar deles. Nessa idade, em 2017, eu também participei da Liga Sesi e tive a chance de conviver com ídolos do esporte, como a Dayanara e a Etiene Medeiros. Lembro que elas estavam dando autógrafos e eu fui encantada pedir uma assinatura. Nesse momento, senti que queria a natação para a minha vida. Por isso, acredito que a Liga Sesi-SP Treinamento Esportivo tem um papel muito importante, pois apresenta o jogo e a competitividade. Hoje, estar na posição de um exemplo para essas crianças é muito gratificante pra mim”, finalizou a atleta.

Leia também