Menu Site
 Por: SESI Santo André
24/01/2019 15:47 - atualizado às 19:36 em 21/02/2019

Em entrevista exclusiva ao programa Globo Esporte Amazonas, o paratleta do SESI SP, Brendow Christian conta um pouco sobre sua infância no interior, dificuldades na carreira esportiva e a importância do apoio da sua mãe.

O paratleta, natural de Manaus, teve seu primeiro contato com a lança (dardo), muito antes de chegar à capital paulista. “Eu zagaiava (referência ao arpão zaigaia usado para fisga de peixe grande porte) à noite e eu ia caçar jacaré com meu tio no interior”, relata o recordista Brasileiro e das Américas no Lançamento de Dardo.

Brendow aos 13 anos descobriu que tinha uma doença degenerativa que afetou sua visão. Antes de iniciar no paradesporto, ele tentou outras modalidades, como natação, futsal e até boxe, sempre competiu com outros atletas com a visão perfeita. Mas o destino fez com que Brendow reencontrasse a lança.

Hoje aos 23 anos, vestindo a camisa do SESI-SP como lançador de Dardo Paralímpico na classe F12 – grupo de atletas com baixa visão –, o atleta treina firme na unidade de Santo André para competições nacionais, tais como o Campeonato Brasileiro e o Circuito Caixa de Atletismo. Também busca uma vaga  para representar a Seleção Brasileira no Mundial de Atletismo em Dubai.

 

 

LEIA TAMBÉM