Menu Site
 Por: Núcleo de Comunicação
09/12/2019 13:42 - atualizado às 14:11 em 10/12/2019

Herança da última edição, pela primeira vez, o festival do trabalhador da indústria incluiu um concurso de música. Oito empresas foram representadas por seus cantores-trabalhadores, que abrilhantaram a noite de sábado, no meio das disputas das finais estaduais dos Jogos do SESI 2019, realizado entre os dias 7 e 8 de dezembro em SESI Presidente Epitácio.

A cantora amadora Andreia Flauzino tinha soltado o gogó com a banda que animou a festa, em 2018. Este ano, ao invés de se inscrever no atletismo, a modalidade escolhida por ela foi de intérprete. E ela deu um show com a música “Conquistando o Impossível”, que garantiu o primeiro lugar para a Whirlpool.

“Chegar aqui em Epitácio neste ano e as pessoas do SESI me contarem que a categoria de música ganhou maior incentivo para entrar na competição por minha causa foi sensacional. Deu um friozinho na barriga, mas ao mesmo tempo me animou demais. Além do carinho e atenção de todos, essa oportunidade abrirá mais portas para outros funcionários participarem dessa competição maravilhosa”, comentou Andreia, que ao final da disputa não escondeu o brilho no olhar. “Foi mágico, tudo lindo”.

O número de mulheres tem crescido, principalmente nas modalidades individuais, como o atletismo, natação e tênis de mesa. Nesta edição, uma delas, inaugurou a participação no jogo de xadrez. Entre os inscritos somaram 32% de mulheres. Em relação ao ano anterior, foram 20% a mais.

Como reflexo, o atletismo despontou entre as duas modalidades que mais cresceram este ano, alcançando os 100%, um total de 200 pessoas. Outro destaque foi a pesca. Os interessados completaram todas as vagas disponíveis e ainda ficaram em lista de espera para as inscrições. Competiram 37 pescadores.

Veterana no atletismo dos Jogos do SESI, desde 1987, Renatinha, como é conhecida, foi a primeira mulher dos Correios de São Paulo a participar, na edição que aconteceu em Osasco. Hoje, elas são em seis, entre os 18 no total de atletas da empresa. Em 32 anos como participante, disputou agora os 100m, 200m e revezamento e levou duas medalhas de ouro nas duas primeiras, na categoria master (40+). Comprometida com os Jogos do SESI-SP prometeu para si mesma e seu médico: “vou no meu limite e vou devagarzinho”. 

Renata Avelino de Souza, 56 anos, a Renatinha, costuma chamar as suas parceiras de crianças. Gosta de estimular e incentivar a continuidade e regularidade nos esportes. Em pré-operatório, ela afirmou que o esporte é o melhor remédio para tudo. “Quando eu terminei a prova e dei aquele grito, foi como se tivesse tirado tudo o que eu tinha dentro, a ansiedade e a dor. O coração vai para a barriga”, comemorou.

O responsável pela área esportiva dos Correios esteve presente em todos os momentos com a sua equipe durante os jogos. Edivaldo Antonio da Silva também já foi atleta dos Jogos do SESI, desde 1986, e contou orgulhoso que saiu até na Gazeta Esportiva na época. Representante de sua empresa, disse que já estão organizando as inscrições para 2020. “É uma motivação a mais para o empregado e a toda família. No trabalho, especialmente o respeito e o trabalho em equipe são percebidos no dia a dia”.

Mesma opinião da Luana Novaes Araújo, dos Recursos Humanos da Faurecia, empresa de escapamentos. “O engajamento dos funcionários é visível, participam mais ativamente e apoiam uns aos outros. A dedicação de estarem aqui em um final de semana com a empresa é um exemplo disso”.

Participando com um total de 40 atletas, Luana relatou que a estrutura dos Jogos do SESI-SP é fora do comum, além de ser uma energia muito positiva. “É um ambiente sadio de troca e contato com outras empresas, e não só de competição”.

O vôlei masculino encerrou os Jogos do SESI 2019, numa disputa emocionante, que foi até o tie break, entre a EMS e a Whirlpool, que foi a equipe campeã. Os gigantes do time têm como técnica Patrícia Mara, que comemorou muito a vitória, junto com a torcida organizada. “É uma alegria imensa, a gente conseguiu se superar e a torcida fez toda diferença. Somos campeões do estado! A relevância em participar dos Jogos do SESI é a interação entre todos e o respeito entre a gente. É uma experiência para a vida”.

Sobre os Jogos do SESI

Festival do Trabalhador da indústria de todo Estado de São Paulo. A 72ª edição envolveu 13 modalidades.

Considerado uma das maiores organizações esportivas do país, o evento conta anualmente com cerca de 30 mil trabalhadores inscritos, 70 cidades envolvidas e mais de 800 empresas participantes.

Trabalhando valores como determinação, competência, trabalho em equipe, liderança e fair play, o SESI constrói com os atletas-trabalhadores uma competição saudável e auxilia na promoção da boa convivência dentro e fora do ambiente das companhias em que atuam. Além de proporcionar momentos de descontração e confraternização entre funcionários de empresas de todo o Estado de São Paulo.

LEIA TAMBÉM