Menu Site
 Por: Agência Indusnet Fiesp
06/03/2020 12:45 - atualizado às 15:32 em 26/03/2020

O tédio proposto pela repetição ativa uma disposição ao transe, à criação, ao deixar se levar entre um pensamento e outro. Danças e rituais cumprem esse papel, fundamental numa sociedade voltada ao instante e à aceleração proporcionada por inúmeros estímulos.

A obra de arte digital Epifanias da Repetição contrapõe sentimentos sublimes de caráter místico ou artístico através de rotações corpóreas em êxtase, à sua reprodução em GIF, investigando a resistência do caráter transcendental do ritual. Foram selecionadas diversas representações de transes, alguns espirituais, outros culturais, atingidos por danças típicas que exaltam o giro como forma de êxtase. No caso destes GIFs, a rotação foi o elemento de clímax, que se limita a este instante eterno.

Sobre o artista
Wayner Tristão Gonçalves participou de diversas de exposições individuais e coletivas e atuou como curador e coordenador da Residência artística CArtes. Entre seus trabalhos, destaca-se a pesquisa com movimentos repetitivos e circulares representados em animações curtas. É mestre (UNAM, 2008) e doutor (UFRJ, 2016) em Artes Visuais, e professor de vídeo, computação gráfica e desenho na UNIVASF (PE).

 

Epifanias da Repetição
Wayner Tristão Gonçalves
Período: de 5 a 27 de março de 2020
Horários: todos os dias, das 19h às 6h
Local: Galeria de Arte Digital do Centro Cultural Fiesp (fachada do edifício)
Classificação indicativa: livre
Grátis.