Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação
20/02/2019 15:15 - atualizado às 09:52 em 09/09/2019

O superintendente do Sesi-SP, Alexandre Pflug, recebeu nesta quarta-feira (20/2), no prédio da Fiesp, o cônsul do Japão, Yasushi Noguchi. O encontro, que contou com a presença do Sensei Hirotaka Okada e de membros do consulado geral e do Instituto Kodokan do Brasil (IKB) teve como objetivo discutir a ampliação da parceria entre Sesi Bauru e IKB com um projeto de desenvolvimento de Judô nas Escola.

“Receber o cônsul do Japão e o Instituto Kodokan em uma parceria para implementar o judô como atividade dentro das escolas é muito gratificante. O Paulo Skaf é um presidente que investe muito no esporte e mais uma vez nos incentivou em fazer essa parceria à nível internacional, validado pelo governo japonês, através do seu cônsul e junto com o Instituto Kodokan, que é referência mundial na pratica do judô. Estamos muito contentes”, explicou o superintendente do Sesi-SP, Alexandre Pflug, que ainda ressaltou o trabalho que a entidade já desenvolve.

“Nós fizemos um lançamento na semana passada em Bauru que foi fantástico, realmente superou as nossas expectativas e eu tenho certeza que esse projeto será à longo prazo. Hoje nós já temos as nossas equipes de judô que frequentam o Sesi pelo Estado inteiro e agora vamos trabalhar especificamente com os alunos que estão dentro da rede escolar”, finalizou Pflug.

Lançado oficialmente na última quinta-feira (14), em Bauru, o projeto tem como principal objetivo introduzir o judô como disciplina da grade de estudos para crianças do 1º ao 5º. E de forma pioneira, o pontapé inicial será dado na rede escolar do Sesi-SP. Cerca de 1.200 alunos serão atendidos de imediato, nas unidades de Bauru, AE Carvalho (na capital) e Cruzeiro. A expectativa é de que em até dois anos o programa seja incluído em toda a rede Sesi-SP, que hoje, soma 154 escolas, e posteriormente, expandido para outras redes de ensino.

Feliz com o crescimento da difusão do judô no Brasil o cônsul Yasushi Noguchi, acredita ainda no grande papel que o Sesi-SP pode desenvolver para ajudar ainda mais na disseminação do judô no país.

“É muito importante ter a colaboração do Sesi-SP para divulgação do judô aqui no Brasil. Estou muito feliz que o judô e a cultura japonesa vêm se difundindo e desta maneira podemos compartilhar os pensamentos, espírito, dedicação e o respeito japonês. Contanto com o apoio do Sesi-SP agora podemos crescer ainda mais através da prática nas escolas. Nós do consulado do Japão aqui em São Paulo estamos dispostos a continuar apoiando essas atividades e espero que mais brasileiros tenham interesse no judô e mais crianças pratiquem”, comentou Yasushi Noguchi.

LEIA TAMBÉM