Menu Site
Curadoria: Helouise Costa e Joaquim Marçal Andrade
de 28 de agosto a 15 de dezembro de 2019
terça a sábado, das 10h às 22h
domingo, das 10h às 20h

Entrada Gratuita

Mostra inédita do fotógrafo Kurt Klagsbrunn apresenta um panorama artístico e cultural do Rio de Janeiro nas décadas de 1940 e 1950

Nascido em Viena, numa família judia de classe média que embarcou para o Brasil quando a Áustria foi invadida pelo exército nazista, Kurt Klagsbrunn chega ao Rio de Janeiro como refugiado, em 1939. Nesse período, a cidade era a capital da República e o Brasil passava por profundas transformações políticas e econômicas que acarretaram mudanças significativas no ambiente da arte e da cultura. As fotografias de Kurt cobrem o amplo e diversificado circuito artístico e cultural da época - ateliês, exposições, solenidades diversas - evidenciando a existência de redes de artistas e intelectuais ativas e organizadas. As imagens mostram, ainda, a ampliação e profissionalização do setor cultural, por meio da criação de importantes espaços de exibição, da implantação de museus e da abertura de galerias de arte.

Artista: Kurt Klagsbrunn
Kurt Klagsbrunn nasceu em 1918 em Viena, Áustria. Integrava uma família de judeus que veio para o Brasil por ocasião da invasão nazista em 1939. No Rio de Janeiro passou a dedicar-se à fotografia. Depois de trabalhar para a União Nacional dos Estudantes começou a atuar no fotojornalismo e na publicidade, tornando-se correspondente da revista Life e colaborador de outros periódicos, entre os quais as Revista da Semana, Sombra e Manchete. A partir de 1969 diminuiu suas atividades por problemas de saúde, mas continuou fotografando até 1980. Faleceu em 2005, deixando um arquivo de mais de 150 mil itens, ainda pouco explorado, e conservado por seu sobrinho, Victor Klagsbrunn.

Conheça a programação em sua região

de 28 de agosto - até 15 de dezembro
Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado das 10:00 às 22:00
Domingo das 10:00 às 20:00