Menu Site
Curadoria: Kiko Barros
Exposição revisita vida e obra de Plínio Marcos

A partir de uma seleção de fotografias do acervo familiar, a exposição conta a história desse escritor, dramaturgo, jornalista, ator e palhaço. Suas diversas paixões – do jornalismo ao circo, do futebol à família – são apresentadas. Registros fotográficos de montagens históricas de textos do autor trazem grandes nomes do teatro brasileiro, como Tônia Carrero, Luis Gustavo, Lima Duarte e Walderez de Barros. Realizações de Plínio como ator, palhaço e sambista também estão presentes na mostra.

Fotografia

O artista Plínio Marcos (1935-1999) foi o primeiro dramaturgo brasileiro a levar ao palco histórias cujos protagonistas vivem à margem da sociedade. Barrela, O Abajur Lilás, Navalha na Carne, Homens de Papel, Quando as Máquinas Param, Dois Perdidos numa Noite Suja, Balada de um Palhaço e Noel Rosa – O Poeta da Vila e Seus Amores marcaram a história do teatro brasileiro. Escreveu crônicas e contos a partir do cotidiano urbano para o jornal Última Hora de São Paulo. O submundo era sua fonte de emoções, experiências humanas de grande intensidade e riqueza psicológica. Para ele, Carnaval, samba, circo, teatro e jornalismo eram meios de transporte em que todos podiam embarcar.

Conheça a programação em sua região

de 20 de junho - até 27 de julho
Segunda-Feira, Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira das 08:00 às 20:00
Sábado das 09:00 às 12:00
de 26 de abril - até 09 de junho
Segunda-Feira, Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira das 08:00 às 20:00
Sábado, Domingo, Feriado das 09:00 às 18:00
de 26 de junho - até 29 de julho
Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira das 12:00 às 19:00
Sábado, Domingo, Feriado das 10:00 às 17:00
de 08 de agosto - até 22 de setembro
Segunda-Feira, Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado, Domingo das 09:00 às 20:00