Sesi-SP vence o Minas em casa e sai com a vantagem nos playoffs da Superliga masculina - Notícia - SESI SP

Sesi-SP vence o Minas em casa e sai com a vantagem nos playoffs da Superliga masculina

18/03/2017 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Com a raça dos levantadores Bruno e Rafa e com o apoio da torcida, que lotou o ginásio da Vila Leopoldina, de virada o time masculino de vôlei do Sesi-SP venceu na tarde deste sábado (18/3) o Minas Tênis Clube. O jogo é o primeiro do melhor de cinco válidos pelas quartas de final da Superliga 2016/2017. Terceiro colocado na etapa classificatória, o grupo comandado pelo técnico Marcos Pacheco garantiu o placar de 3 sets a 2 (20/25, 23/25, 25/23, 25/23 e 18/16) e segue com a vantagem para o próximo confronto, na próxima quarta-feira (22), em Belo Horizonte.

Digno de um início de playoff, o jogo começou com o time da casa forçando o saque, porém sofrendo um pouco com a pressão do Minas, que abriu o placar e sustentou. O Sesi-SP chegou a empatar em 8/8, contou com a inversão do 5-1 com Leitzke e Rafa, mas não deu. O Minas manteve a garra, se sentiu à vontade no jogo e chegou a abrir cinco pontos de vantagem. Pacheco apostou na troca de levantador e obteve sucesso. O experiente Rafa entrou no lugar do Bruno e ajudou a recolocar o time na briga pela parcial. Lucão cresceu pelo meio e Douglas Souza pelas pontas, mas no detalhe, num erro no bloqueio, o adversário abriu 2 a 0.

Mais equilibrado, o grupo da capital paulista mostrou evolução e num momento de deslize contou ainda com a entrada do central Aracaju, que não jogava por estar se recuperando da dengue. O camisa 5 não poupou energia e já entrou pontuando, após jogada rápida pelo meio com Bruninho. O levantador, que revezou na posição com Rafa, também veio cheio de gás do banco. Com uma sequência de três pontos de bloqueio, colocou o time na briga pelo resultado final.

Com o bom resultado e com o apoio da torcida, que não parou de vibrar um instante, os comandados do técnico Marcos Pacheco recuperaram a calma dentro de quadra e voltaram a mostrar a força do voleibol. Mesmo ainda muito equilibrado e com o Minas aproveitando todas as oportunidades, o quarto set foi melhor para o Sesi-SP. Como já era esperado, mesmo com os donos da casa chegando ao empate, Bisset, Flávio e companhia não se intimidaram e mantiveram a força. Com o placar marcando 15/15, o tie break foi pura emoção. Enquanto o central Riad marcava com um ace pelo time paulista, Bisset furava o bloqueio e igualava do lado mineiro. A briga foi forte, mas a força da Vila Leopoldina prevaleceu no final.

“A gente já esperava um confronto complicado aqui hoje. Sabemos da força deles, mas também sabemos da nossa. Apesar de algumas falhas, dos dois primeiros sets que ficamos atrás, o grupo se recuperou bem, e eu estou muito feliz em ter ajudado. É muito bom você entrar num jogo desses, poder compartilhar com os outros em quadra sua experiência e ainda ficar com a vitória, que nesse caso é o mais importante”, comentou o levantador Rafa.

Maior pontuador pelo Sesi-SP, com 18 pontos, o oposto Theo também se destacou no bloqueio, com 3 marcações. Douglas Souza, outro forte atacante, aparece logo na sequência, com 13. Ficou com o troféu Viva Vôlei. Pelo Minas, o ponteiro Bisset foi o maior marcador, com 20 pontos.

O Sesi-SP entrou em quadra com o levantador Bruninho, o oposto Theo, os centrais Lucão e Riad, os ponteiros Douglas Souza e Alan e o líbero Serginho. Entraram Leitzke, Rafa, Murilo e Aracaju. A equipe de Minas começou com o levantador Gelinski, o oposto Roca, os centrais Flávio e Petrus, os ponteiros Mãe e Bisset e o líbero Rogerinho. Entraram Thiago, Abouba, Eduardo Carísio.

Com o resultado, o Sesi-SP sai com a vantagem na busca por uma vaga nas semifinais e volta a encontrar o Minas na próxima quarta-feira (22/3), às 17h, na Arena Minas, em Belo Horizonte.

Vitória do Sesi-SP na primeira partida dos playoffs 
Foto: Karen Griz/Divulgação Sesi-SP