Sesi-SP vence Brasil Kirin em noite de homenagem aos medalhistas de ouro do Brasil - Notícia - SESI SP

Sesi-SP vence Brasil Kirin em noite de homenagem aos medalhistas de ouro do Brasil

09/09/2016 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Em partida quente entre os favoritos ao título do Campeonato Paulista de vôlei masculino, o time do Sesi-SP bateu o Brasil Kirin por 3 sets a 0 (26/24, 25/19 e 25/18) e manteve a invencibilidade no torneio regional. Jogando em casa, com o apoio da torcida, a partida desta sexta-feira (9/9) ainda contou com uma homenagem dos Embaixadores do Esporte do Sesi-SP aos meninos de ouro do Brasil. Serginho, Douglas Souza, Lucão e Bruninho entraram em quadra com os alunos da indústria, que carregavam uma faixa parabenizando-os pelo feito.

Bem na virada de bola durante o jogo, o Sesi-SP, contando com o apoio da torcida, que lotou a Vila Leopoldina, superou a qualidade técnica do adversário e conseguiu mais três pontos. Também com um campeão olímpico em quadra, Mauricio Souza, o Brasil Kirin deu trabalho, mas não conseguiu anular a força dos meninos da Vila.

“Hoje, como em qualquer estreia, com um ginásio cheio, bate uma ansiedade, né? Mas eu estou muito feliz, contente por ter vindo para uma equipe como esta, com uma estrutura que tem o Sesi-SP. Eles fazem um trabalho de pedagogia do exemplo no esporte e isso vai muito com o que eu penso e eu espero, é muito bom. Então é isso, continuar trabalhando para mais vitórias e alegrias como a de hoje”, comentou o levantador Bruninho, que pela primeira vez na carreira veste a camiseta do Sesi-SP e de um clube paulista.

Com 19 pontos, o oposto Theo foi o maior pontuador da partida, seguido pelo central Sidão, que anotou 14 acertos, sendo 6 de bloqueio. Pelo Brasil Kirin, Baiano marcou 9 vezes.

Pacheco mandou para o jogo o levantador Bruninho, os ponteiros Murilo e Douglas Souza, os centrais Sidão e Lucão, o oposto Theo e o líbero Serginho. Entrou Aracaju. O Brasil Kirin começou com Rodriguinho, Baiana, Ygor Ceará, Diogo, Matheus, Vini e Tiago Brendle. Entrou Mauricio Souza.

O próximo jogo da equipe paulista está marcado para o dia 24 de setembro, diante do Funvic/Taubaté, no Vale do Paraíba.

Murilo, Bruninho, Serginho e Douglas Souza na comemoração 
Foto: Everton Amaro/Fiesp

O jogo

Como todos os confrontos entre Sesi-SP e Brasil Kirin, o jogo começou quente e equilibrado. Ponto a ponto disputado à risca, nenhuma das equipes conseguiu abrir vantagem para fechar a primeira parcial com tranquilidade. Com quatro campeões olímpicos em quadra, o Sesi-SP conseguiu imprimir um bom jogo, e no aperto, com o apoio da torcida que lotou a Vila Leopoldina, saiu na frente no placar com 26/24. 

Passado o nervosismo da estreia e ainda mais entrosado, Bruninho fez em quadra o que sabe fazer de melhor, que é distribuir a bola entre seus companheiros e ajudar a equipe nas defesas de contra-ataque. Colocando Theo, Murilo, Douglas Souza e os centrais sempre em boas condições de ataque, o levantador foi uma das peças importantes no segundo set. O Sesi-SP chegou até a segunda parcial técnica (16/15) com apenas um ponto de vantagem e não conseguia anular a força do Campinas e disparar na frente. Após um bloqueio do central Sidão e um ataque forte de Douglas Souza pela lateral de rede o time cresceu no jogo, conseguiu anular as bolas do Vini e do Baiano e fechou o segundo set com 25/19.

No terceiro e último set Pacheco chamou para o jogo o central Aracaju no lugar de Lucão e manteve a força dentro de quadra. Mesmo atrás na parcial, o time da Vila buscou inspiração na torcida e, com garra e um ace de Sidão, empatou em 7/7. Após a parada técnica (7/8), o time voltou ainda mais embalado e forte no bloqueio. O trio Theo, Aracaju e Douglas Souza fechou a parede contra os ataques adversários e colocou o Sesi-SP na frente com quatro pontos de vantagem (16/12). Na sequência foi a vez de Sidão crescer no fundamento e encerrar a partida em 25/18.