Sesi-SP luta, mas perde para o Cruzeiro na Superliga masculina de vôlei - Notícia - SESI SP

Sesi-SP luta, mas perde para o Cruzeiro na Superliga masculina de vôlei

04/03/2017 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Jogando fora de casa, no Ginásio do Riacho, o time masculino de vôlei do Sesi-SP lutou, se manteve à frente em muitos momentos, mas acabou sofrendo a derrota na noite deste sábado (4/3) para o Sada Cruzeiro por 3 sets a 0 (25/23, 26/24 e 25/19), em partida válida pela nona rodada do segundo turno da Superliga 2016/17. Os comandados do técnico Marcos Pacheco foram para Contagem/MG na busca por um jogo equilibrado, e foi o que aconteceu. Mas a boa consistência do grupo mineiro falou mais alto no momento decisivo e encerrou o clássico.

Para o levantador Bruninho, faltou garra dentro de quadra. “Esse é o tipo de jogo em que tudo faz a diferença. Seja um saque, um passe ou um bloqueio melhor posicionado, e hoje nós não conseguimos ir tão bem neste contexto. Agora, faltam apenas dois jogos para o fim da fase classificatória, e se nós quisermos seguir bem na competição, precisamos organizar e retomar essa força dentro de quadra.”

A partida, como já se esperava, começou e seguiu boa parte muito equilibrada. Enquanto Theo, Douglas e Riad voavam no ataque pelo time da capital paulista, Evandro e Simon respondiam na mesma moeda aos comandos do levantador mineiro. Com direito a aces e bloqueios dos dois lados, Sada Cruzeiro e Sesi-SP fizeram uma partida digna de líder e vice-líder da competição nacional. Porém, mesmo abrindo o placar no início do jogo e se mantendo na frente em alguns momentos dos sets, o time da capital paulista não conseguiu anular a força dos mineiros, que, apoiados pela torcida que lotou o ginásio do Riacho, garantiram os três pontos da rodada.

Acionado em quadra a todo momento, o oposto Evandro ficou com o troféu Viva Vôlei e com a artilharia da disputa ao marcar 14 vezes. Pelo Sesi-SP, o também oposto Theo marcou 11 pontos, seguido pelo ponteiro Douglas, com 10.

O resultado custou para o time paulista a vice-liderança da competição (46 pontos), agora ocupada pelo Funvic/Taubaté (48 pontos), que venceu a partida contra o Brasil Kirin. Para voltar a brigar pelo posto, o Sesi-SP precisa obter três pontos, vencendo por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 na próxima rodada. Na quinta-feira, dia 9 de março, o time recebe o Juiz de Fora Vôlei no Ginásio da Vila Leopoldina, às 21h55.

O Sesi-SP entrou em quadra com o levantador Bruninho, o oposto Theo, os centrais Lucão e Riad, os ponteiros Douglas e Fábio e o líbero Serginho. Entraram Leitzke, Rafa, Alan, Aracaju e Kaio. O Sada começou com o levantador Fernando, o oposto Evandro, os centrais Isac e Simon, os ponteiros Filipe e Rodriguinho e o líbero Serginho. Entraram Léo, Alan e Cristiano.

Ataque do Sesi-SP não bastou para derrotar o Cruzeiro 
Foto: Amanda Demétrio/Fiesp