Sesi-SP é superado pelo Sada Cruzeiro na Superliga masculina - Notícia - SESI SP

Sesi-SP é superado pelo Sada Cruzeiro na Superliga masculina

10/03/2018 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

A disputa entre gigantes da noite deste sábado (10 de março) terminou melhor para o Sada Cruzeiro. Válida pela décima rodada do returno da Superliga 2017/18, a partida entre Sesi-SP e Sada Cruzeiro agitou o público que lotou o ginásio da Vila Leopoldina. E, mesmo igualando o marcador em diversos momentos, o grupo comandado pelo técnico Rubinho não conseguiu superar os mineiros, que terminaram com o resultado de 3 sets a 0 (22/25, 17/25 e 21/25).

“Todos do time deles sacaram bem hoje, Leal, Simon, Filipe, e assim fica mais difícil. Mérito todo deles. Agora nós vamos seguir para o famoso jogo de seis pontos, na última rodada, e buscar uma melhor classificação”, comentou Lucão ao final da partida.

O jogo começou melhor para os mineiros, que já abriram vantagem no marcador logo nos primeiros pontos. Enquanto os atacantes do Sesi-SP pontuavam e correspondiam aos comandos do levantador William, Uriarte, pelo lado do Sada Cruzeiro, também chamava a atenção pelo entrosamento com seus companheiros. Mas foi no saque que o grupo mineiro se destacou. Com um cartão amarelo para cada lado por reclamação, o jogo seguiu quente.

Rubinho mexeu, trouxe Renato, Aracaju e Pureza para o jogo e chegou a colher bons frutos no terceiro set. Com um rali logo no início da parcial, rendendo um bloqueio sozinho do central Aracaju, além de uma sequência de bloqueios, o Sesi-SP demonstrou que poderia levar o jogo adiante. Mas não demorou muito para o Sada Cruzeiro voltar a incomodar. Com uma sequência de saques do ponta Filipe e a força dos atacantes Leal e Simon, os mineiros recuperaram os pontos perdidos e ficaram com os três pontos da rodada. Leal foi eleito o melhor da partida e ficou com o troféu VivaVôlei, além de ser o maior pontuador do confronto com 14 acertos. Pelo Sesi-SP, o oposto Alan marcou 9 vezes.

O Sesi-SP entrou em quadra com o levantador William, o oposto Alan, os ponteiros Lipe e Douglas Souza, os centrais Lucão e Gustavão e o líbero Murilo. Entraram Franca, Evandro, Renato, Aracaju e Pureza. Enquanto pelo Sada Cruzeiro atuaram Uriarte, Evandro, Isac, Simon, Leal, Filipe e Serginho.

Na reta final do torneio nacional, agora o Sesi-SP se prepara para o último confronto da fase de classificação. O grupo da capital paulista vai até o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Sesc-RJ, no dia 17 de março, sábado, às 20h30. A partida acontecerá na Arena Jeunesse.

Sada Cruzeiro faz 3 a 0 no Sesi-SP em clássico na Superliga 
Foto: Karen Griz/Sesi-SP