Sesi-SP conquista tricampeonato nacional de polo aquático - Notícia - SESI SP

Sesi-SP conquista tricampeonato nacional de polo aquático

12/12/2017 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Mais um troféu para a coleção, e mais uma vez num torneio nacional. No último domingo (10 de dezembro), o time masculino de polo aquático do Sesi-SP se sagrou tricampeão brasileiro. Ao vencer o Fluminense por 10 a 8 na final da Liga Nacional, torneio criado pela PAB (Polo Aquático Brasil), o grupo comandado pelo técnico André Avallone pôde comemorar o fechamento de mais uma temporada com chave de ouro.  

O Sesi-SP não teve vida fácil nos playoffs da principal competição do ano até chegar à grande decisão. Mesmo jogando em casa, os meninos da Vila Leopoldina tiveram que passar pelo Pinheiros já nas semifinais antes de brigar pelo título. A disputa foi acirrada, digna de um clássico entre as equipes paulistas, mas com garra e muita motivação os comandados do técnico Avallone foram superiores e garantiram a vaga na decisão final com o placar de 16 a 14 contra o Pinheiros.

Na final, mais uma pedreira, Sesi-SP contra Fluminense. Jovens garotos, pratas da casa, contra atletas mais experientes, mais acostumados com momentos decisivos. Mas, mesmo com todos esses fatores que o confronto envolvia, o time da Vila Leopoldina não recuou. Pelo contrário, mostrou sua força. Com gols de Júnior, Roberto Freitas, Carinha, Braga, Arthur Salgado e Rudá, o Sesi-SP abriu dois gols de diferença contra o adversário e fechou a decisão em 10 a 8.  

“Foi o nosso terceiro título da Liga Nacional, e cada um teve seu gostinho especial. Neste ano, por exemplo, os playoffs foram disputados em casa, com o apoio da nossa torcida, e para completar competimos e alcançamos o sucesso com as pratas da casa. Fizemos uma temporada com um time totalmente renovado e jovem, e conseguimos êxito. Dos 42 jogos disputados sofremos apenas 5 derrotas. Então esse título nos dá cada vez mais confiança para seguir o nosso trabalho”, comentou o técnico André Avallone.

Os atletas da capital paulista ainda foram destaque nas premiações individuais. Cirilo ficou com a medalha de defesa menos vazada. Rudá conquistou o MVP da competição - e junto com Bernardo Braga e Beto Freitas, formou a seleção da competição.

Pelo feminino, o time do Sesi-SP, comandado pelo técnico Fagner Maximo, enfrentou a equipe ABDA na disputa da terceira colocação. O grupo de São Paulo chegou a empatar em 8 a 8 com a equipe de Bauru no primeiro jogo, mas no segundo confronto foram as adversárias que levaram a melhor, com o placar de 9 a 6, e ficaram com a medalha de bronze. O Sesi-SP terminou a competição na quarta colocação.

Cirilo, goleiro menos vazado do torneio 
Foto: Divulgação