Sesi-SP brilha em quadra em sua primeira vitória na Superliga feminina 2017/18 - Notícia - SESI SP

Sesi-SP brilha em quadra em sua primeira vitória na Superliga feminina 2017/18

02/02/2018 - SESI

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Em casa, com o apoio da torcida e com o saque bem encaixado, o time feminino de vôlei do Sesi-SP conquistou sua primeira vitória na Superliga 2017/18, na noite desta sexta-feira (2 de fevereiro). O grupo comandado pelo técnico Lino cresceu na partida a partir do segundo set e superou o São Cristóvão Saúde/São Caetano por 3 sets a 1 (19/25, 25/23, 25/23, 25/22) em partida válida pela sétima rodada do returno do torneio nacional.

O Sesi-SP entrou em quadra confiante e logo de cara abriu o marcador. O São Caetano por sua vez não ficou atrás e também pontuou, deixando o início da partida empatado. Com Domingas e Glayce voando no ataque, Pri Heldes não hesitou em colocar suas atacantes em ação. Mas, respondendo à altura, a levantadora Lyara também contou com  suas companheiras. Sonaly e Fernanda Tomé foram acionadas, pontuaram e ficaram com a parcial. O Sesi-SP, mesmo deixando escapar o primeiro set, foi atrás dos pontos perdidos e de virada chegou ao empate no placar geral.

Na sequência, o São Caetano recuperou o comando do jogo, abriu vantagem e anulou alguns lances do grupo da casa. Mas as meninas não desistiram. Com Cássia e Pri Heldes brilhando no saque, o Sesi-SP reencontrou o jogo e passou à frente. Na reta final, Domingas ganhou força, chamou a responsabilidade para si e ajudou as companheiras na conquista da primeira vitória.

Resultado do bom desenvolvimento em quadra, Domingas, que atuou como oposta, foi a maior pontuadora do jogo com 23 acertos e ainda levou para casa o troféu VivaVôlei.

“Estava muito difícil entrar em quadra, lutar e não conseguir garantir uma vitória, mas hoje, graças a Deus, nós vencemos. Estamos fazendo um trabalho de formiguinha, com cada uma dando o máximo de si. O troféu que ganhei hoje não é só meu, é do grupo todo. Se eu consegui pontuar foi porque elas me deram condições de jogo. Então divido essa conquista com todas as meninas”, comemorou Domingas.

O Sesi-SP entrou em quadra com a levantadora Pri Heldes, a oposta Domingas, as centrais Marjorie e Dani Suco, as ponteiras Glayce e Amabilie e a líbero Júlia. Entraram Cássia, Nikole, Thais e Neneca.

A equipe comandada pelo técnico Lino permanece na 12ª colocação, agora com 4 pontos.

Sesi-SP vence pela primeira vez na Superliga 2017/18 e vai a 4 pontos 
Foto: Amanda Demétrio/Fiesp