Nadadores do Sesi-SP ganham 11 medalhas para o Brasil no Campeonato Sul-Americano - Notícia - SESI SP

Nadadores do Sesi-SP ganham 11 medalhas para o Brasil no Campeonato Sul-Americano

04/04/2016 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Após cinco dias de competições em Assunção, no Paraguai, os cinco nadadores do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) voltam para casa com 11 das 41 medalhas (18 de ouro, 13 de prata e 10 de bronze) conquistadas pelo Brasil no 43º Campeonato Sul-Americano de Natação. Etiene Medeiros, um dos destaques da equipe verde e amarela, garantiu 3 ouros e 1 prata nas provas individuais, Daynara subiu duas vezes ao pódio, e Jéssica Cavalheiro, uma. Nos revezamentos foram quatro douradas, com participações de Bruna Primati e Giovanny Lima.

Além das medalhas, as nadadoras do Sesi-SP ainda cravaram novos recordes de campeonato. Etiene Medeiros ficou com o ouro nos 100m costas e de quebra garantiu o bicampeonato, superando o recorde. Nos 50m livre, a pernambucana garantiu seu primeiro ouro sul-americano desta prova (24s80) e ainda estabeleceu uma nova marca.

Outro ouro que rendeu um novo tempo a ser batido foi nos 4x200m livre, com 8m04s29, feito por Joanna Maranhão, Jessica Cavalheiro, Bruna Primati e Manuella Lyrio. Além de mais uma marca importante na prova, e mesmo com o revezamento já classificado para o Rio 2016, o resultado em Assunção ajudou o país a assumir a liderança na pontuação feminina.

Daynara de Paula conquistou o tetracampeonato dos 100m borboleta, com 59s11, e além de registrar a nova melhor marca da prova, superando o tempo (59s79) de Gabriella Silva, feito em 2008, a nadadora do Sesi-SP colocou o Brasil na marca de 20 anos sem deixar o ouro escapar nesta prova.

Com 449 pontos na classificação geral, o Brasil manteve uma sequência de 32 anos de vitórias em um sul-americano absoluto de natação. Nesta edição, o segundo lugar ficou com a Argentina, 417, e o terceiro com a Venezuela, com 287.50 pontos. Para o técnico do Sesi-SP e da seleção brasileira feminina, Fernando Vanzella, o saldo da competição foi positivo não só pelas conquistas, como também pela oportunidade de analisar e ajustar os detalhes para a seletiva olímpica.

“A nossa participação foi muito positiva, ainda mais nessa fase que estamos, de seletiva olímpica. Foi uma competição onde os outros países participaram com força máxima e bem preparados, porque aqui valia para eles vaga na olimpíada, e a gente usou mais como preparação. Dentro desse cenário, os resultados foram muito positivos, tanto dento como fora da piscina. Conseguimos visualizar pontos importantes para melhorar nessa reta final e ao mesmo tempo ganhamos a competição”, avaliou Vanzella, que ainda fez um balanço dos nadadores da indústria.

“Os nossos atletas do Sesi-SP saem daqui com um grande número de medalhas. Destaque para a Etiene, que ganhou quatro provas, três individuais e um revezamento, e uma em segundo lugar, conquistando cinco medalhas. Tem a Daynara que foi bem também, ganhando três provas, dois revezamentos e a prova de 100m borboleta. Mas o mais importante foi a visualização do que podemos evoluir com esses atletas até o Maria Lenk. Foi uma ótima competição pré-seletiva.”

Destaque no feminino, Etiene Medeiros comemora os resultados obtidos durante os cinco dias de provas, e ainda ressalta a importância física e mental da competição.

“Estar aqui faz parte do crescimento físico e mental, importante neste período. Acredito que vou voltar para São Paulo mais forte e preparada para os desafios. A organização foi muito boa, e isso ajudou na nossa escolha de vir competir. Estou muito feliz por estar aqui e satisfeita com os resultados”, comentou Etiene, uma das responsáveis por ajudar a equipe feminina do Brasil a conquistar o título da categoria, ao somar 229,50 pontos, em entrevista para a CBDA.

Agora, a menos de 15 dias para o Troféu Maria Lenk, última seletiva olímpica brasileira, os atletas do Sesi-SP retornam para São Paulo, onde farão os últimos ajustes antes de embarcar para o Rio de Janeiro, para a competição entre os dias 15 e 20 de abril. 

Equipe do Sesi-SP em Assunção
Nadadores e técnico do Sesi-SP que integraram equipe do Brasil no Sul-Americano de Natação. Foto: Satiro Sodré/CBDA


Resultados dos atletas do Sesi-SP no Sul-Americano

Etiene Medeiros

4x100 m livre (56s00 – campeã) 

50 m livre (24s80 – campeã) 

100 m livre (54s8 – campeã) 

100 m costas (1m00s38 – campeã) 

50 m costas (28s17 - vice campeã) 

 

Jessica Cavalheiro

4x200 m livre (2 m00s6 – campeã) 

200 m livre (2m00s6 - 3°lugar) 

 

Daynara de Paula 

4x100m livre (56s10 – campeã) 

50 m borboleta (26s6 - vice campeã) 

100 m borboleta (59s11 - campeã) 

4x100 medley, estilo borboleta (4m08s57 – vice campeã) 

 

Bruna Primati 

4x200 m livre (2m03s0 – campeã) 

400 m medley (4m53s0 - 4°lugar) 

400 m livre (4m15s1 - 4°lugar) 

800 m livre (8m48s59 - 4°lugar) 

 

Giovanny Lima 

400 m livre (3m56s0 - 6°lugar) 

4x200 m livre (1m50s0 – campeão)