Laislaine Rocha e Marcos Santos conquistam ouro em torneios internacionais de judô - Notícia - SESI SP

Laislaine Rocha e Marcos Santos conquistam ouro em torneios internacionais de judô

13/03/2018 - Esporte

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Os judocas do Sesi-SP fizeram bonito neste final de semana na disputa da Copa Europeia Sub 18 de Zagreb, na Croácia, e no Aberto Pan-Americano de Santiago, conquistando duas medalhas de ouro para o país e a indústria. Marcos Santos e Laislaine Rocha superaram grandes adversários em suas categorias e foram os destaques da modalidade.

O fim de semana começou com Marcos Santos representando a seleção sub 18 na Croácia - e não teve vida fácil. Competindo na categoria até 81kg, Marcos enfrentou o canadense Alexandre Arencibia na semifinal e logo na sequência teve pela frente o francês Maxime Hambou. Com cautela o jovem atleta do Sesi-SP foi superior e ficou com o ouro. 

No total, o Brasil conquistou 9 pódios, sendo 2 ouros, 2 pratas e 5 bronzes, resultado que colocou o país na terceira posição do quadro geral, atrás apenas da Hungria (primeira) e da Croácia.

Marcos, que já era o número 1 do ranking nacional, somou mais pontos com a conquista e fica ainda mais disparado na classificação geral das categorias de base. Aluno do Sesi-SP e fruto da casa, passando pelo PAF (Programa Atleta do Futuro) e treinamento até chegar ao rendimento, o jovem de apenas 17 anos migrou da categoria até 66kg para 81kg de um ano para o outro e hoje é o titular da seleção brasileira juvenil.

“Nosso objetivo esse ano é seguir conquistando pontos para ele lutar o Pan-americano de Buenos Aires, na Argentina, em julho. Além disso ainda buscamos a vaga para os Jogos Olímpicos da Juventude, também em Buenos Aires, em outubro. Essa seria uma classificação inédita para o Sesi-SP, então precisamos seguir lutando, comentou o técnico Marinho Esteves.

Marcos Santos, ouro na Croácia
Foto: Divulgação/Sesi-SP

Caçula da seleção principal, a meio-pesado Laislaine Rocha, de 17 anos, da categoria até 78kg, conquistou no último domingo (11 de março), sua primeira medalha internacional na classe sênior no Aberto Pan-Americano de Santiago. A jovem atleta do Sesi-SP venceu a argentina Lucia Cantero, por ippon, já na primeira luta, e se classificou para a final, onde desbancou a experiente equatoriana Vanessa Chala, também por ippon, alcançando o lugar mais alto do pódio.

E assim como Marcos, Laislaine também busca somar pontos para o ranking, mas no caso da judoca, a disputa é para a pontuação internacional, que define os atletas que vão para Tóquio em 2020. Em Santiago, a atleta somou 100 pontos.

“Ela começou muito bem sendo campeã. No próximo final de semana já há o Aberto Continental em Lima, no Peru, e vai seguir ainda mais confiante na briga por medalhas e por somar mais pontos. Laislaine também é jovem, dedicada e vai atrás da garantia na vaga da categoria. Todas essas conquistas, além da bagagem, trarão ainda mais força para ela chegar bem nos Grand Prix”, finalizou Marinho.

Com 7 pódios, o Brasil fechou a competição em Santiago, somando 3 ouros, 1 prata e 3 bronzes.

Laislaine Rocha no pódio em Santiago 
Foto: Divulgação/Sesi-SP