Vôlei: Pinheiros vence equipe feminina do Sesi-SP no Campeonato Paulista

Em partida equilibrada, Pinheiros ganhou por 3 a 2 nesta quinta-feira (07/11) no ginásio da Vila Leopoldina

Ariett - 07/11/2013

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Em jogo válido pelo Campeonato Paulista de vôlei feminino, o Pinheiros venceu o time do Sesi-SP nesta quinta-feira (07/11). A partida, disputada no ginásio da Vila Leopoldina, terminou em 3 sets a 2, com parciais de  21/13, 18/21, 21/13, 20/22 e 12/15.

Sesi-SP chegou ficar perto da vitória no quarto set, mas acabou sofrendo a virada. Foto: Lucas Dantas/Fiesp Sesi-SP chegou ficar perto da vitória no quarto set, mas acabou sofrendo a virada.  
 
Foto: Lucas Dantas



Logo no começo do primeiro set, o Sesi-SP mostrou sua força e fez 5 a 1 no placar. O Pinheiros buscou uma reação, mas o primeiro tempo técnico foi do Sesi-SP, com 7 a 4. A vantagem do Sesi-SP foi até o fim do set, que terminou em 21/13. O Pinheiros começou melhor o segundo set, chegando a abrir 5 a 0. Aos poucos, o Sesi-SP chegou mais perto no placar e até empatou em 15 a 15, mas o Pinheiros ficou com a vitória no segundo set, marcando 21 a 18.

O Sesi-SP voltou acertando tudo no terceiro set: saque, bloqueio, defesa. No primeiro tempo técnico, o placar era de 7 a 2. Depois de vencer um longo rally e conquistar o 9º ponto, a equipe do Sesi-SP ganhou ainda mais confiança e manteve a vantagem até o fim do set, vencendo por 21/13.

O quarto set foi muito equilibrado, mas o Sesi-SP abriu vantagem e chegou a marcar 19 a 16, com boa chance de fechar o set e vencer. Mas o Pinheiros conseguiu reverter o placar e ganhou o set por 22 a 20. No tie-break, a disputa foi ponto a ponto, mas o Pinheiros conseguiu vencer por 15 a 12.

O time da indústria entrou na quadra com Pri Daroit, Carol Albuquerque, Barbara, Ju Costa, Ivna, Bia e a líbero Suelen, que usou a camiseta azul pela campanha Novembro Azul, que incentiva a prevenção do câncer de próstata. Entraram também Sarah, Neneca, Suelle, Deisy e Bia.

A levantadora e capitã da equipe, Carol Albuquerque, lamentou não ter fechado o jogo no quarto set. “Fizemos 19 a 16, faltavam dois pontos para fechar, e a gente deixou o Pinheiros virar, o que deu confiança para elas no tie-break. Mas ainda conseguimos um ponto no campeonato e vamos com tudo para o jogo contra o São Caetano.”

Talmo de Oliveira, técnico da equipe, também reconheceu os erros da equipe. “Foi um jogo difícil e a gente sabia que seria complicado. Tivemos a chance de matar o quarto set, mas erramos de bobeira e perdemos a confiança”, disse. “Agora é seguir trabalhando. Já estou pensando no jogo de São Caetano.”


Notícias Relacionadas