Sesi-SP tropeça diante do Sada e sai atrás no primeiro confronto na semi

Equipe perde por 3 a 1 em Contagem e precisa de um resultado positivo no jogo de volta

- 27/03/2016

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Pecando no saque e perdendo muitas oportunidades, principalmente nos contra-ataques, o time masculino de vôlei do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) foi até Contagem, em Minas Gerais, e perdeu por 3 sets a 1 (19/25, 25/22, 19/25 e 21/25) para o Sada Cruzeiro na noite deste sábado (26). O resultado, dá a vantagem para o adversário, que larga na frente na série melhor de três e repassa para o time da Vila Leopoldina a responsabilidade de vencer em casa e levar a decisão para o terceiro jogo na fase de decisão da Superliga 2015/16.

“A gente sabe a dificuldade que é jogar diante da torcida deles, então temos que entrar concentrados o tempo todo. Contra o time deles não dá para perder oportunidades, e hoje perdemos muitas, então a gente vai para São Paulo estudar e vamos com a cabeça melhor para tentar a vitória lá e voltar com tudo para cá”, comentou o levantador Thiaguinho.

Jogando em casa, o Sada soube impor autoridade e ditou a direção da partida, dificultando as coisas para a equipe do técnico Marcos Pacheco. Diante de um time que tinha o apoio da torcida e que crescia nas horas decisivas, o Sesi-SP começou bem e soube colocar um pouco de pressão com o ataque forte dos ponteiros Murilo e Douglas Souza, além do oposto Theo, mas não foi o bastante para frear o adversário.

Mesmo perdendo o primeiro set, o time da Vila Leopoldina não se deixou abater e tomou conta da segunda parcial. Garantindo as duas paradas técnicas do set e em alguns momentos forçando o técnico adversário a parar o jogo para cortar a boa sequência, os comandados do técnico Marcos Pacheco deixaram tudo igual após um bloqueio do oposto Rafael Araújo, que entrou na inversão do 5-1.

Na sequência, o Sada voltou a tomar conta do jogo. Abrindo sete pontos de vantagem, forçou o técnico paulista a parar a partida e chamar o central Sidão para o jogo. O time até esboçou uma reação, e com Murilo pontuando tanto no ataque como no bloqueio, o Sesi-SP recuperou alguns pontos perdidos, mas não foram o suficiente para anular o ataque adversário, que fechou o jogo em 3 a 1.

Com 17 pontos, o oposto Wallace foi o maior pontuador da partida, seguido pelo ponteiro do Sesi-SP, Douglas Souza, com 15 acertos. O experiente ponteiro Filipe, do Sada, ficou com o troféu Viva Vôlei da noite.

Marcos Pacheco mandou para a quadra o levantador Thiaguinho, o oposto Theo, os centrais Aracaju e Gustavão, os ponteiros Murilo e Douglas Souza, além do líbero Serginho. Entraram Rafael Araújo, Vinhedo, Yohan e Sidão. O Sada começou com William, Wallace, Issac, Éder, Leal, Filipe e o líbero Serginho. Entraram Alan Souza, Fernando e Rodriguinho.

As equipes voltam a se encontrar na próxima sexta-feira (1/4), às 18h30, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano.

Douglas ataca Sada Cruzeiro
Douglas ataca Sada Cruzeiro. Foto: Renato Araújo - Divulgação Sada Cruzeiro

Notícias Relacionadas