Sesi-SP termina fase classificatória do Campeonato Paulista masculino em segundo

Equipe perdeu a invencibilidade diante do Funvic Taubaté com o placar de 3 sets a 1

- 26/09/2016

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Na disputa pela liderança do Campeonato Paulista 2016, o time masculino de vôlei do Sesi-SP e o Funvic Taubaté entraram em quadra neste sábado (24/9) na última rodada da fase classificatória. Com o ginásio do Abaeté lotado, os comandados do técnico Marcos Pacheco acabaram perdendo a invencibilidade após ficar atrás no placar. Com 3 sets a 1 (23/25, 16/25, 25/22 e 22/25), a equipe do Vale do Paraíba terminou a primeira fase da competição em primeiro com 14 pontos, enquanto o Sesi-SP ficou com o segundo lugar e 12 pontos.

O Sesi-SP sofreu para encontrar uma saída e anular a força do Taubaté, que, embalado pelo público, abriu 2 sets a 0. Com algumas mexidas e mais vibrante, o time de Pacheco se encontrou no jogo, recuperou a garra e conseguiu garantir uma parcial e a sequência no jogo. No quarto set o grupo tinha tudo para empatar e seguir para o tie break e uma possível vitória, mas, após uma sequência de erros nos pontos finais, os donos da casa viraram o placar e ficaram com a vitória.

“Nós não começamos bem o jogo, sofremos para nos encontrar em quadra e eles cresceram com isso. No terceiro set conseguimos impor nosso jogo e nos mantivemos na briga. Mas jogo é feito de oportunidades, e no vôlei, quando um erra o outro automaticamente fica com o ponto e muitas vezes com a vitória, que foi o que aconteceu. Em um confronto como este, um clássico, com todo histórico que possuí, não podemos vacilar. Perdemos duas jogadas fundamentais para empatar e eles levaram o placar. Agora é recuperar porque ainda temos campeonato pela frente”, comentou o técnico ao final do jogo.

Autor de 26 pontos, o oposto Wallace foi o nome do jogo, seguido pelos ponteiros Japa e Lucas Loh, com 10 acertos cada. Pelo Sesi-SP, Theo marcou 17 pontos, sendo 3 de bloqueio. Os jovens Gabriel Vaccari e Fábio Capalbo ficaram com 11 e 10 acertos respectivamente.

Com uma equipe a menos, a edição 2016 do Paulista conta com duas equipes seguindo direto para as semifinais. Por ter ficado nas duas primeiras posições, Funvic Taubaté e Sesi-SP avançam direto e agora aguardam quem avança nas quartas de finais para saber com quem brigarão para ir à final do torneio.

O Sesi-SP entrou em quadra com o levantador Bruninho, os ponteiros Murilo e Fábio, os centrais Lucão e Aracaju, o oposto Theo e o líbero Serginho. Entraram Alan Patrick, Rafa e Vaccari. O Funvic Taubaté começou com o levantador Rafa, os ponteiros Lucas Lóh e Japa, os centrais Eder e Otavio, o oposto Wallace e o líbero Mario Jr. Entraram Vinicius.

O jogo

Como já era esperado, a partida começou quente e disputada. Com o apoio da torcida, que lotou o ginásio do Abaeté, o Taubaté abriu 3 a 1 e colocou pressão para o lado do Sesi-SP. Acostumados com o ritmo imposto, Serginho e Lucão passavam instruções para o jovem Fábio, que logo entrou no jogo e levou o time ao empate em 6/6. Ponto a ponto disputado à risca, com Bruninho apostando nas jogadas rápidas pelo centro e Rafa na força de seus atacantes pela diagonal, nenhum time abriu vantagem no marcador. Atrás por apenas um ponto nas duas parciais técnicas (7/8 e 15/16), os comandados do técnico Marcos Pacheco sofreram um pouco com a força do saque do central Eder, que anotou dois aces e acabaram atrás no primeiro set com 23/25.

Diferente do começo da partida, o segundo set começou melhor para os donos da casa. Rodando as bolas com cautela e aproveitando os erros cometidos pelo lado do Sesi-SP o Funvic Taubaté abriu quatro pontos de vantagem logo de cara, forçando Pacheco a pedir tempo para acalmar o jogo. Com dificuldades para anular o ataque da equipe do Vale do Paraíba, Pacheco trouxe para quadra o ponteiro Vaccari no lugar de Murilo e fez a inversão do 5-1 com Rafa e Alan no lugar de Theo e Bruninho. Os jovens até conseguiram anotar alguns pontos, Vaccari chego a subir sozinho na rede e cravou um bloqueio, mas mais uma vez Wallace, Japa e companhia levaram a melhor após uma bomba de Lucas Loh pelo fundo (16/25).

O terceiro set, momento de tudo ou nada para o Sesi-SP no jogo, começou com a equipe da capital paulista abrindo dois pontos de vantagem (5/3) e incomodando os adversários. Correspondendo à altura, Fabio cresceu no ataque e ao lado de Vaccari, complicou o Taubaté com saques fortes, resultando em dois aces e na vantagem de cinco pontos na segunda parcial técnica da partida (16/11). Empurrado pela torcida, o time do interior voltou a crescer com Wallace e Japa e chegou ao empate em 17/17. Mas, diferente dos sets anteriores, o Sesi-SP manteve a calma, contou com Bruninho defendendo uma bola deitado, um ace de Lucão e Vaccari explorando o bloqueio, o que garantiu o time vivo no jogo (25/22).

Mantendo a formação com Fabio e Vaccari nas pontas, o Sesi-SP mais uma vez saiu na frente na parcial (5/3) e mais uma vez o Taubaté foi buscar, dessa vez conquistando a virada na primeira parada técnica do quarto set (7/8). Tensa, a parcial foi marcada por erros dos dois lados. Enquanto o Sesi-SP encontrou dificuldades em defender alguns ataques, o Taubaté pecou no saque. Caçados em quadra, Vaccari e Fábio foram os alvos certeiros de Japa e Wallace, enquanto o central Eder mirou seus saques no líbero Serginho. Mesmo sofrendo a pressão, os meninos da Vila Leopoldina não se abateram e levaram a equipe ao empate (12/12). Com o retorno do capitão Murilo no lugar de Fábio, a equipe manteve a garra e a busca pelo placar, mas após um erro do levantador Rafa com Lucão na rede e uma bola de xeque do central Otavio pelo outro lado, o Sesi-SP ficou atrás com 22/25.

Notícias Relacionadas