Sesi-SP recebe Vôlei Bauru em busca da vaga na semifinal do Paulista feminino

Equipe paulista precisa vencer a partida desta quarta-feira (5/10) para levar a decisão para o Golden set

- 04/10/2016

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

A equipe feminina de vôlei do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) tem mais uma tarefa a ser cumprida de olho na semifinal do Campeonato Paulista 2016. Nesta quarta-feira (5/10), às 19h, as comandadas do técnico Juba recebem no ginásio do Sesi em Santo André o Concilig Vôlei Bauru pela segunda rodada das quartas de final.

Como a vantagem está com a equipe de Bauru, que venceu no último sábado por 3 sets a 1, o time da capital paulista precisa de duas vitórias contra as bauruenses para seguir na competição. Uma em partida normal e a outra no Golden set (set extra de 25 pontos), que será disputado para definir quem avança.

No último confronto entre as equipes, o Sesi-SP fez um bom começo de jogo. O time brigou de igual para igual, venceu o terceiro set e chegou a ensaiar uma virada, porém não conseguiu manter os 100% de aproveitamento em quadra. Mesmo com a vantagem das adversárias na disputa, para Juba, esse é o momento de manter a calma, não pensar no passado ou futuro e corrigir os erros para o atual, o jogo desta quarta-feira.

“Apesar do resultado, fizemos um jogo muito bom fora de casa, e o time superou as expectativas, brigando o tempo todo por cada parcial. Agora, para o próximo confronto, pensamos, claro, na nossa atuação padrão, sempre de olho na correção dos erros, como também no bom aproveitamento das peças que temos à disposição”, comentou o treinador, que tem obtido sucesso com sua oposta Lorenne, maior pontuadora da última partida, com 23 acertos, e as centrais, Ju Mello (14) e Linda Jéssica (13).

“A Lorenne é uma menina que chama atenção pela qualidade e consequentemente nossas levantadoras a acionam durante o jogo como uma jogada de segurança. Nossas centrais também estão se destacando e apresentando números interessantes, superando nossas metas. Então, para o jogo de quarta-feira, equilibrar essas bolas entre centrais e oposta poderá facilitar outros fundamentos”, finalizou. 

Notícias Relacionadas