Sesi-SP recebe Brasil Kirin para definir quem vai à final do Paulista masculino

Equipe paulista precisa da segunda vitória para seguir na competição

- 11/10/2016

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Basta uma vitória para seguir. Para garantir a vaga na final do Campeonato Paulista masculino 2016, o time do Sesi-SP precisa vencer o segundo jogo da semifinal nesta quinta-feira (13). Jogando às 18h em casa, o grupo comandado pelo técnico Marcos Pacheco terá que superar o Vôlei Brasil Kirin para seguir na competição. Em caso de vitória para o adversário, o Golden set (set extra de 25 pontos) será disputado logo na sequência do jogo para definir o vencedor da fase.

Na primeira partida da semifinal, o time da capital paulista foi até Campinas e arrancou uma vitória por 3 sets a 1 após uma virada no placar e ficou com a vantagem. Agora, o Sesi-SP só precisa de mais um resultado positivo para seguir. Para o técnico Marcos Pacheco, a decisão está aberta e o cenário ainda não está definido.

“Temos um regulamento a ser seguido, como em qualquer outra competição. Para ir à final, ou você ganha dois jogos ou ganha um jogo e o Golden Set. Então com isso, eles estão vivos na competição e, assim como nós, têm possibilidades. O segredo é entrar focado nesta partida, pensando só no que estiver acontecendo no momento e o resto será consequência”, comentou o técnico.

Pacheco avaliou ainda o último confronto e o que é preciso para o grupo seguir na competição.

“Nós não fizemos um início de jogo bom lá, alternamos bastante e erramos muita coisa, o que não pode se repetir. O Campinas tem jogadores experientes, acostumamos com esse tipo de confronto e decisão, então não podemos vacilar. Estamos buscando corrigir cada erro cometido para fazer uma boa partida aqui dentro de casa.” 

Desde sua fundação, em 2009, a equipe do Sesi-SP esteve presente em todas as finais do estadual. Vencedor desde o início do projeto, o tetracampeão (2009, 2011, 2012 e 2013) busca a vaga na final para brigar pelo quinto triunfo paulista. Nos anos de 2010, 2014 e 2015 o Sesi-SP ficou com a segunda colocação.

Notícias Relacionadas