Sesi-SP perde para o Hinode Barueri na terceira rodada da Superliga feminina 2017/18

Equipe da indústria paulista abre o marcador, mas sofre virada no placar: 3 a 1

- 28/10/2017

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Com a ponteira Domingas compondo o grupo, o time feminino de vôlei do Sesi-SP entrou em quadra na noite desta sexta-feira (27 de outubro), na segunda partida da terceira rodada da Superliga 2017/18, em busca da primeira vitória na competição. Jogando em casa contra o Hinode Barueri, as meninas da capital paulista lutaram, mas ficaram atrás das adversárias pelo placar de 3 sets a 1 (25/20, 10/25, 16/25 e 18/25).

O grupo, comandado pelo técnico Rodolfo Lino, começou bem a partida. Cresceu no decorrer do primeiro set, encontrou o sincronismo, acertou o passe, incomodou e ficou na frente com cinco pontos de vantagem. Na parcial seguinte o Sesi-SP sentiu a pressão das adversárias desde o início. E, com os nervos à flor da pele, viu os pontos passarem voando, pontuando apenas 10 vezes.

Lino trouxe a estreante Domingas para o jogo, enquanto o técnico do Barueri, Zé Roberto, colocou a campeã olímpica Jaqueline. O Sesi-SP mais uma vez marcou. Domingas fez boa passagem pelo saque, enquanto Neneca, Nikole e companhia correspondiam no ataque. Mas do outro lado Jaque, Erica e Edinara também deram trabalho e colocaram o time de Barueri na frente. Virando o jogo em 2 a 1.

Mesmo com o apoio da torcida, que lotou o ginásio do Sesi de Santo André, as meninas da capital paulista não conseguiram anular totalmente as adversárias. O grupo soube aproveitar bem os contra-ataques, bloqueou e incomodou no saque, mas precisava de mais. As atacantes do Sesi-SP cresciam, pontuavam, mas encontravam o bloqueio do lado adversário, que montou sua estratégia e fechou a parede. Sem conseguir pontuar, o Sesi-SP viu mais uma vez o placar abrir e o time de Barueri fechar a partida.

Com o resultado, o grupo reconhece que cometeu alguns erros que não podem ser cometidos, e que poderia ter mantido o entrosamento, garantindo mais pontos. Agora, as meninas do Sesi-SP seguem focadas no crescimento e na busca pela excelência. E, permanecendo em casa, se preparam para receber o Vôlei Bauru na abertura da quarta rodada. A partida acontece na próxima quinta-feira (2 de novembro), às 19h, em Santo André.

O Sesi-SP entrou em quadra com a levantadora e capitã Pri Heldes, a oposta Neneca, as ponteiras Nikole e Thayná, as centrais Raquel e Marjorie e a líbero Erika Pão. Entraram Cássia, Kimberly, Iarla e Domingas. No Hinode começaram Ana Cristina, Edinara, Fê Isis, Saraelen, Érika, Suelle e Natinha.

Notícias Relacionadas