Sesi-SP luta, mas é superado pelo Sada Cruzeiro

Em duelo de campeões na Superliga masculina 2017/18 equipe mineira fica na frente dos paulistas por 3 sets a 1

- 27/10/2017

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Uma disputa entre gigantes marcou a noite desta quinta-feira (26 de outubro). Válida pela décima rodada da Superliga 2017/18, antecipada a pedido do time mineiro, que disputará o Mundial de clubes no fim do ano, Sesi-SP e Sada Cruzeiro entraram em quadra para mais um espetáculo. E, mesmo igualando o marcador em diversos momentos, chegando a fechar o terceiro set, o grupo comandado pelo técnico Rubinho não conseguiu superar os mineiros.

O Sesi-SP, vencedor da temporada 2010/11, ficou atrás na briga com o Sada Cruzeiro, atual campeão por 3 sets a 1 (24/26, 23/25, 25/21 e 21/25). Com o resultado, o time da capital paulista permanece com seis pontos, vira a chave para o próximo confronto e segue para sua sequência de jogos fora de casa.

“Eu gostei do jogo de hoje; apesar do resultado, nosso time foi bem. O Cruzeiro é um time montado, que já vem com a mesma base há um tempo. Temos que saber ganhar de time grande. Nós tivemos muitas oportunidades para fechar o primeiro e segundo set e não conseguimos, erramos. Mas estamos no caminho certo”, comentou o capitão William ao final da partida.

Com nomes como William, Lipe, Douglas Souza e Lucão em quadra pelo Sesi-SP e, Leal, Simon, Isac e Filipe pelo Sada, a disputa começou acirrada, ponto a ponto, e depois de seguidas alterações, o time da casa fechou o jogo com o ataque do ponteiro Filipe.

A partida começou quente, dentro e fora de quadra. Enquanto a torcida cruzeirense inflamava na arquibancada, dentro das quatro linhas as equipes se equilibravam. Os atacantes do Sesi-SP pontuaram, corresponderam aos comandos do levantador William, mas foi Uriarte, levantador do Sada, quem chamou atenção.

Largadas de segunda, ponto de saque e de bloqueio foram algumas das armas do argentino para ajudar sua equipe no confronto, o que lhe rendeu ainda o Troféu VivaVôlei. 

Rubinho chegou a mexer, trouxe Gustavão para o jogo no lugar do jovem Aracaju e colheu bons frutos. Com boa sequência de bloqueios, o central fechou a parede e ajudou a equipe a ficar com o terceiro set. O quarto set seria a oportunidade do time paulista empatar a disputa. Lipe e Douglas Souza trabalharam, Alan também pontuou, mas o Cruzeiro aproveitou os erros cometidos pelo Sesi-SP e fechou a parcial e o jogo.

Pelo Sesi-SP jogaram o levantador William, o oposto Alan, os ponteiros Lipe e Douglas Souza, os centrais Lucão e Aracaju e o líbero Pureza. Entraram Franco, Evandro, Piá, e Gustavão. Pelo Sada Cruzeiro atuaram Uriarte, Evandro, Isac, Simon, Leal, Filipe e Serginho.

Agora o Sesi-SP segue direto para o Rio Grande do Sul, onde enfrenta, na terceira rodada, o Lebes Canoas. A partida acontece neste sábado (28), no ginásio La Salle, às 18h.

Notícias Relacionadas