Sesi-SP fica com o vice no torneio internacional feminino Top Volley

Equipe é derrotada na final ante RC Cannes e volta às quadras no dia 11 de janeiro pela Superliga

Agência Indusnet Fiesp, com informações do Saque Viagem - 30/12/2012

Não deu para o Sesi-SP na final do torneio internacional feminino Top Volley. Com uma atuação irregular, a equipe caiu na noite de sábado (29/11) diante do RC Cannes, por 3 sets a 1 (25/19, 23/25, 25/20 e 25/16). O jogo aconteceu na Basileia (Suíça).

Depois de uma boa campanha na fase inicial, com vitórias sobre Dínamo Bucareste (Romênia), Volero Zurich (Suíça) e Galatasaray (Turquia), o Sesi-SP não conseguiu impor seu jogo ao time francês, que, entre outras atletas, conta com duas titulares da seleção sérvia: Milena Rasic e Brankica Mihajlovic.

O próximo compromisso da equipe do técnico Talmo de Oliveira está programado para o dia 11 de janeiro, às 18h, diante do São Cristóvão Saúde/São Caetano, pela Superliga feminina.

O jogo

No jogo, o Sesi-SP começou bem o primeiro set e abriu 06/04, mas na sequência as brasileiras tiveram dificuldades para superar a marcação do RC Cannes e, apesar das diversas substituições de Talmo, a parcial terminou em 25/19.

No segundo set, Tandara e Dani Lins voltaram ao sexteto titular.  A levantadora Dani Lins passou a acionar a central Fabiana, e Elisângela e Tandara trabalharam bem nas extremidades da rede. O Sesi-SP chegou a 18/15 e motivou um pedido de tempo francês. As europeias ensaiaram uma reação, mas as brasileiras fecharam em 25/23.

No terceiro set, o Sesi-SP começou com muita agressividade no saque e bem no bloqueio, abrindo 06/01.  Depois de um pedido de tempo, a equipe francesa encostou no placar, mas Elisângela manteve o Sesi-SP na frente (10/08). Tandara, melhor no jogo, ajudou o Sesi-SP a abrir 16/11. Depois do segundo tempo técnico, a diferença caiu para 17/16.  Talmo tentou equilibrar o grupo, mas com sucessivas falhas no passe, ataque e saque, a equipe sofreu a virada: 25/20.

No quarto set, o Sesi-SP começou liderando o placar, mas a sérvia Mihajlovic, bem na partida, demoliu as chances brasileiras. Talmo ainda procurou melhorar o desempenho do time com várias mexidas. Mas a noite era do RC Cannes: 25/16.

Notícias Relacionadas