Sesi-SP credencia três nadadoras para 6 provas nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Equipe ficou em 5º na pontuação geral do Troféu Maria Lenk, válido como última seletiva olímpica

- 21/04/2016

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

O objetivo era credenciar pelo menos três nadadores do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) para os Jogos Olímpicos Rio 2016, e após seis dias de competições no Parque Aquático Olímpico, a meta foi concluída com sucesso. Competindo pelo Troféu Maria Lenk, última seletiva olímpica da natação brasileira, realizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, as atletas Etiene Medeiros, Daynara de Paula e Jéssica Cavalheiro confirmaram presença em seis provas que serão disputadas em agosto.

O torneio, que teve início no dia 15 de abril e terminou na noite desta quarta-feira (20), além de definir a equipe que representará o Brasil nas Olímpiadas, ainda colocou o Sesi-SP na quinta posição, com 415 pontos e oito medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e três de bronze. Na classificação por atletas, Etiene Medeiros venceu com o melhor índice técnico feminino, somando 909 pontos pelos 100m costas.

A semana começou agitada no Rio de Janeiro. Daynara de Paula foi a primeira atleta do Sesi-SP a puxar fila e alcançar o índice na competição. Entrando para a decisão logo no primeiro dia de provas, a manauara fez o segundo melhor tempo (58s38) dos 100m borboleta, abaixo do índice exigido (58s74). Ao lado de Daiene Dias (58s04) representará o Brasil no estilo. Três dias depois, Daynara voltou para a piscina nos 100m livre e, com o terceiro tempo (55s02), também se garantiu no revezamento 4x100m livre.

A pernambucana Etiene Medeiros também cumpriu suas metas e garantiu presença em todas as suas especialidades. No segundo dia de competição no Parque Aquático Olímpico, Etiene caiu na piscina para a única prova em que ainda não tinha alcançado o índice exigido, já que nos 50 e 100m livres já havia atingido a marca na primeira seletiva, no ano passado, em Palhoça.

Nadando em um minuto cravado, Etiene foi a única brasileira que alcançou o índice olímpico (1m00s25) e será a única representando do país na prova. Já nos 100m livre, a atleta precisou nadar na casa dos 54 s para garantir a marca que já havia feito em Palhoça. Com o apoio da torcida e marcando 54s26, a pernambucana não só assegurou sua vaga como também se credenciou para o revezamento 4x100m livre, ao lado da companheira de equipe, Daynara de Paula.  

E nesta quarta-feira (20), na famosa prova rapidinha, 50m livre, a nadadora da indústria alcançou o tempo de 24s64, baixou a marca conquistada na primeira seletiva (24s71) e ao lado de Graciele Herrmann (24s92) lutará por medalha para o país.

“Eu estou indo para a minha primeira olimpíada e estou muito feliz, emocionada, mas agora é muito treino. No começo da competição eu esperava fazer resultados melhores, mas paciência, eu acho que a gente tem que saber o limite do nosso corpo e cada vez mais tentar superar e foi esse o lema da competição para mim, superar cada coisa”, comentou Etiene na última etapa do Troféu Maria Lenk.

Outra nadadora do Sesi-SP que também se tornou uma atleta olímpica foi Jéssica Cavalheiro. Especialista nos 200m livre, a mineira entrou para a disputa de uma vaga no terceiro dia de torneio e com 1m59s05, marcou o terceiro melhor tempo e fará parte do revezamento 4x200m livre.

Para o técnico do Sesi-SP e da seleção brasileira, Fernando Vanzella, a competição envolveu muitas emoções por todo o seu contexto em que se figurou, mas ao mesmo tempo que o psicológico foi posto em evidência, o torneio foi de total proveito para a equipe da Vila Leopoldina.

“A gente sabia que seria uma competição bacana e ao mesmo tempo muito difícil, sendo uma última seletiva para uma competição tão grande quanto as olimpíadas, ainda mais no Brasil, a gente não podia esperar uma coisa diferente. O início foi um pouco nervoso, tenso, não só do Sesi-SP, como de todas as equipes, mas a gente conseguiu superar isso e ter um resultado bem significativo, classificando três meninas para a Olimpíada.”

À frente da equipe de natação do Sesi-SP desde o começo de 2013, Vanzella, que entrou juntamente com Etiene, Daynara e Jéssica, passou a desenvolver uma linha de trabalho árduo e de muitos detalhes e planejamento. “Esses três últimos anos foram de muito trabalho, investimento e dedicação. Isso só nos mostra que com planejamento bem feito a gente consegue ter bons resultados. O Sesi-SP conseguiu uma coisa nova, que é ter a natação nos Jogos Olímpicos, e agora a gente espera que saiam grandes resultados para o Brasil e para os nossos atletas.”

Nilson Garbarz, supervisor da natação, não esconde o orgulho e a satisfação em ter, como recompensa de um trabalho de oito anos, três atletas nos Jogos Olímpicos. “É um sonho o que está acontecendo hoje. Você ter três atletas da natação relacionadas para as olimpíadas é muito difícil para um clube, e a seletiva aqui mostrou isso. A competitividade, o quanto qualquer erro, qualquer falha na preparação pode mudar tudo. Então estamos muito satisfeitos em ver que a gente tinha um projeto, um planejamento e um princípio, e conseguimos seguir isso durante esses três anos de trabalho juntos e acabou dando nesse resultado.”

Com a maior equipe de natação credenciada para uma olimpíada na história do país, o Brasil encerra a segunda seletiva com 29 nadadores classificados para competir em 20 provas individuais e quatro revezamentos dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Atletas do Sesi-SP com índice olímpico para os Jogos Rio 2016

- 50m livre F (25s28) = Etiene Medeiros – 24s71 (Open) / Graciele Herrmann – 24s92 (Open)

- 100m livre F (54s43) = Larissa Oliveira – 54s03 (Maria Lenk) / Etiene Medeiros – 54s26 (Daltely)

- 100m borboleta F (58s74) = Daiene Dias – 58s04 (Maria Lenk) / Daynara de Paula – 58s38 (Maria Lenk)

- 100m costas F (1m00s25) = Etiene Medeiros – 1m00s00 (Maria Lenk)

- 4x100m livre F = Larissa Oliveira – 54s03 (Maria Lenk) / Etiene Medeiros – 54s26 (Daltely) / Daynara de Paula – 55s02 (Maria Lenk) / Manuella Lyrio – 55s20 (Open)

- 4x200m livre F = Larissa Oliveira - 1m57s37 (Maria Lenk) / Manuella Lyrio - 1m58s43 (Open) / Jessica Cavalheiro - 1m59s05 (Maria Lenk) / Gabrielle Roncatto - 1m59s22 (Maria Lenk)

Notícias Relacionadas