Sesi-SP conquista grandes marcas na maratona aquática e no Paulista de Natação

Agora, os nadadores da indústria seguem para o Grand Prix de Minnesota

Graciliano Toni - 09/11/2015

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Presentes no Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, realizado em Salvador (BA), na Base Naval de Aratu, na praia de Inema, e no Campeonato Paulista Júnior e Sênior, em Santos, neste último fim de semana, os nadadores do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), após grandes conquistas, seguem para Minneapolis, nos Estados Unidos, onde participarão entre os dias 12 e 14 do Arena Pro Swim Series, etapa de Minessota.

Começando na quinta-feira (5/11), Mariana Serrano, Camila Tribist e Rafaela Monilly representaram o Sesi-SP na prova dos 10 km na 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, em duas categorias. Alcançando os tempos de 2:27.20 e 2:33.41, Mariana e Camila cravaram o primeiro e o segundo tempo na categoria júnior. No infantil, Rafaela, com a marca de 3:02.37, ficou com o terceiro lugar. Ao final do dia Mariana ainda cravou o terceiro lugar geral após a conquista da primeira colocação no júnior.

Na prova de 5 km, disputada no sábado (7/11), Mariana Serrano e Camila Tribist voltaram ao pódio, agora com o segundo e terceiro lugares (1:03.50 e 1:05.58). Também pelo júnior, Gustavo Kolonco (57.59) terminou a prova com a terceira colocação. Pelo infantil Rafael garantiu mais um bronze, com 1:12.32.

Ao final da competição, o Grêmio Náutico União, do Rio Grande do Sul, foi o campeão com 919 pontos, seguidos pelo Sesi-SP, com 563 pontos, e Clube Curitibano, com 456. Por categorias, os vencedores foram o Espéria no Infantil (785 pts.), o Sesi-SP no Junior (593), o Curitibano no Juvenil (818) e o Grêmio Náutico União no Sênior (830).

Nadadoras do Sesi-SP em Salvador
 Nadadoras do Sesi-SP na Maratona Aquática (Sesi-SP/Divulgação)

 

Saindo das águas abertas e indo para a piscina, o fim de semana também contou com uma forte disputa em Santos. Com 25 atletas, o Sesi-SP participou do Campeonato Paulista Junior e Sênior de Natação em Santos e garantiu o vice-campeonato nas categorias júnior 1 e júnior 2, com 112 e 192 pontos respectivamente. Na categoria sênior, os nadadores da indústria somaram 138 pontos e ficaram com a terceira colocação, assim como na contagem geral da competição, em que somaram a marca de 442. Com a maior delegação o Esporte Clube Pinheiros totalizou 1.797,5 pontos e foi o campeão. Em segundo lugar, o time da casa, Unisanta, ficou com 1.226,5 pontos, seguido pelo Sesi-SP com 848 pontos.

Com 14 medalhas, sendo 6 de ouro, 6 de prata e 2 de bronze, o grupo da Vila Leopoldina voltou de Santos com o melhor índice técnico, na categoria júnior 2, para Sabrina Todão, e cinco quebras de recordes: revezamento 4x100m livre feminino, Bruna Primati e Giovanny Lima nos 200m livre e Sabrina Todão nos 100m livre, todos na categoria júnior 2. Pelo júnior 1, Carolina Diamante estabeleceu um novo recorde nos 200m borboleta.

Agora, após grandes conquistas em duas competições importantes no calendário da modalidade, os técnicos Fernando Vanzella e Fernando Possenti, juntamente com as atletas Etiene Medeiros, Daynara de Paula, Jessica Cavalheiro, Bruna Primati, Giovanna Diamante e Giovanny Lima chegam aos Estados Unidos para mais uma etapa do Grand Prix de natação.

“Terminamos a primeira etapa de treinamentos pós-Finkel, Mundial e Pan-Americano, depois de todas aquelas competições tivemos um período curto de férias e retomamos aos treinos para essa fase de ano olímpico que começa agora e vai até agosto do ano que vem. Aqui no Paulista a gente encontra adversários mais fortes, mais preparados, então é uma competição que vale como o primeiro estágio de piscina longa nessa volta. Tivemos alguns momentos para análise e identificação de pontos que podem ser trabalhados de forma mais intensa para chegar ao final do ano 100%”, comentou Vanzella, que ainda ressaltou a importância do GP de Minnesota.

“O Grand Prix é uma competição absoluta com nível bem elevado e com a participação de atletas olímpicos. Estamos indo com nadadores juniores e seniores. Para os mais novos, essa vivência em uma disputa forte é muito importante para o desenvolvimento. As seniores, que já estão acostumadas, vão para brigar e para garantir presença nas finais. A competição tem um nível que ajuda muito a gente a simular e trabalhar melhor para o fim do ano nas competições seletivas”, finalizou.

A equipe do Sesi-SP embarcou neste domingo para os Estados Unidos, para disputar as provas entre os dias 12 e 14.

Nadadoras do Sesi-SP no Paulista
 Atletas do Sesi-Sp no Paulista em Santos (SMPress/Divulgação)

Notícias Relacionadas