Sesi-SP assina convênio para formação esportiva de mais 3 mil alunos em sete cidades

Presidente da instituição, Paulo Skaf, assinou o 208º Programa Atleta do Futuro

Juan - 03/04/2014

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

 

Paulo Skaf assina PAF em Barretos Paulo Skaf assina convênio para formação esportiva em Barretos.
Foto: Ayrton Vignola

Em dois dias, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) iniciou o Programa Atleta do Futuro (PAF) em sete cidades para 3.170 crianças e adolescentes de seis a 17 anos. No final desta quinta-feira (03/04), a instituição oficializou o convênio para formação esportiva com a cidade de Barretos.

Pelo menos 570 crianças e adolescentes vão se desenvolver ao praticar modalidades como judô, atletismo, basquete e vôlei. O convênio foi assinado pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, e o prefeito da cidade, Guilherme Ávila.

Na ocasião, Skaf aproveitou a ocasião para anunciar um atendimento mais amplo do Senai-SP à formação profissional no município.

208 municípios

Barretos é o 208º município a fazer parte do PAF. A cidade se soma à Orlândia, onde 700 potenciais atletas vão praticar futsal, handebol, natação e vôlei.

Mais cedo, as prefeituras de Guaíra e Ipuã também assinaram convênio para o desenvolvimento esportivo na região. Em Guaíra, 840 jovens vão praticar futsal, basquete, futebol e vôlei. Já em Ipuã, 280 alunos vão praticar basquete e vôlei.

Na véspera, a cidade de Guará assinara o PAF num projeto que envolve 360 jovens na prática de basquete e futsal. Ituverava também firmou convênio com o Sesi-SP para formação de 280 crianças em futsal e futebol. Enquanto isso, em Igarapava, 280 jovens vão praticar vôlei e futebol.

“Qualquer pessoa cujo pai não trabalha na indústria pode procurar pelo PAF”, explicou o presidente do Sesi-SP, Paulo Skaf, ao visitar as obras da nova escola do Sesi-SP em Barretos. A nova unidade deve ser entregue à cidade em fevereiro de 2015. A previsão é que sejam investidos pelo menos R$ 28 milhões na obra e instalação de equipamentos.

Notícias Relacionadas