Ponteiros Lipe e Renato permanecem no Sesi-SP

Equipe de vôlei masculino renova com jogadores para a temporada 2018/19

- 21/05/2018

Agência Indusnet Fiesp

Após a renovação com os levantadores, os líberos e os opostos, mais dois nomes de peso permanecem na Vila Leopoldina para a temporada 2018/19 de vôlei do Sesi-SP. São os ponteiros Lipe Fonteles e Renato Russomanno.

Campeão nos Jogos Rio 2016 e no Pan-Americano de Guadalajara 2011, além de medalha de prata na Liga Mundial em Mar del Plata em 2013 e no Campeonato Mundial na Polônia em 2014, o ponteiro Felipe Fonteles, de 33 anos, permanece no Brasil e com sede de conquistas. Mesmo com títulos nacionais no currículo, Lipe reforça um objetivo declarado: brigar pela Superliga.

“Foi uma bela temporada, emocionante, divertida e com resultados satisfatórios. Vivi os melhores momentos da carreira e em ambientes onde a metodologia de trabalho permanece por um longo tempo. Tenho certeza que entraremos na nova temporada mais fortes do que terminamos e isso é muito interessante”, comentou Lipe.

Já o ponteiro Renato Russomano tem em sua carreira o título sul-americano de clubes pela Cimed em 2009, o de campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, dois ouros de Jogos Mundiais Militares (2011 e 2015), e em 2014 foi convocado para a Seleção Brasileira de Novos para representar o país no Campeonato Mundial Militar, no Rio de Janeiro, onde conquistou mais uma medalha de ouro. No Emma Villas Siena, time que defendeu nos anos 2015 e 2016 em solo italiano, Renato ficou com o título da Copa Itália na série A2 e de quebra foi eleito o melhor passador da Liga.

“Eu estou muito contente em permanecer mais uma temporada na equipe do Sesi-SP, agradeço muito a confiança no meu trabalho, e fico ainda mais contente pela permanência da maioria da equipe, porque acredito que podemos evoluir ainda mais. Os títulos não vieram, mas a evolução da equipe, a entrega dos jogadores e o quanto equilibrado foi a final, onde o vencedor saiu no detalhe, fazem com que o sentimento tenha sido de dever cumprido”, finalizou Renato.

Mesmo com elencos sempre recheados de craques consagrados, os jovens atletas da Vila Leopoldina atuam nas equipes titulares para ganhar experiência, compor o time e até decidir. E para a próxima temporada, a base permanecerá sendo o alicerce da equipe, que colocará em prática sua intenção original, de revelar atletas, mas sem deixar de formar um time competitivo que disputará os títulos em todas as competições de que participar.

O time da Vila Leopoldina já confirmou a renovação dos levantadores William e Evandro, dos opostos Alan e Franco, e dos líberos Murilo e Douglas Pureza, além do técnico Rubinho.