Na Superliga feminina, Sesi-SP reage mas perde em casa para Pinheiros: 3 sets a 2

Jogo aconteceu na Vila Leopoldina. Equipe agora tem duas vitórias e duas derrotas na competição

Juan - 25/10/2013

Agência Indusnet Fiesp com reportagem de Lucas Dantas


A equipe feminina do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) foi derrotada por 3 sets a 2 (19/21, 16/21, 21/18, 21/19, 12/15) na noite desta sexta-feira (25/10), no ginásio da Vila Leopoldina, pelo Esporte Clube Pinheiros. O jogo foi válido pela quarta rodada da Superliga feminina 2013/14).

Com a derrota, a equipe somou um ponto, totalizando oito pontos em quatro jogos. São duas vitórias (Rio do Sul e Minas Tênis Clube) e duas derrotas (São José dos Campos e Pinheiros) na competição.

O próximo compromisso, pela quinta rodada, está programado para o dia 28/10, às 19h, em Uberlândia (MG), diante do Banana Boat/Praia Clube.

sesi-sp_ecp Sesi-SP chegou a reagir, mas não conseguiu conter o Pinheiros no quinto set. 
 
Foto: Lucas Dantas/Fiesp

 

O jogo

No primeiro set, o Pinheiros esteve sempre na frente. Aproveitando erros do Sesi-SP, as visitantes exploraram as jogadas com a central Andreia, que marcou cinco pontos. O técnico do Sesi-SP, Talmo de Oliveira, tentou mudar o time, trocando a oposta Ivna por Neneca quando o placar apontava 20/17 para o Pinheiros. A equipe chegou a encostar em 19/20. Mas em toque de rede de Neneca, o Pinheiros fechou em 21/19, fazendo 1 a 0 na partida.

No segundo set, o cenário não melhorou.  A equipe continuou cometendo erros cruciais, além de não conseguir passar bem pelo bloqueio do Pinheiros. Pior, não fez nenhum bloqueio no set e mesmo com Pri Daroit e Ivna marcando nove pontos juntas, a equipe não conseguiu se impor na quadra e perdeu em 22 minutos pelo placar de 16/21. Ficou tudo para o terceiro set.

No terceiro, o Sesi-SP mostrou sua força. Com Barbara fechando bem o bloqueio, a equipe conseguiu pontos preciosos que desnortearam as adversárias, que não sabiam como atacar. Além disso, o número de erros foi bem menor. Já o Pinheiros, com 13 erros, estava completamente fora da partida. Neneca, que entrou no lugar de Ju Costa, e Pri Daroit comandavam as ações ofensivas. O Sesi-SP fechou o set em 21/18, botando fogo no jogo.

O quarto set foi inacreditável. O time voltou a cometer os erros que lhe custaram as duas primeiras etapas e o cenário parecia apontar para uma derrota. O Pinheiros jogava tranquilamente e abria vantagem sem se preocupar. Com o placar em 14/18, parte do público parecia dar como perdida a partida. Menos Ivna. A oposta chamou as arquibancadas para jogar com o time. E a torcida atendeu. Com gritos de “Sesi, Sesi”, inflamou a equipe que fez seis pontos na sequência e desmontou as rivais, fechando o set em 21/19 e jogando o placar para o tie-break.

No quinto set, a equipe saiu atrás e, apesar de esboçar uma reação, reduzindo de 08/14 para 12/14, o Pinheiros fechou o set em 15/12 e a partida em 3 sets a 2.

Notícias Relacionadas