Guilherme Moraes, do Sesi-SP, é ouro na bocha; goalball e vôlei vencem

Sete atletas da indústria defenderam o Brasil no primeiro dia de Parapan-Americano

Graciliano - 09/08/2015

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Sete atletas do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) começaram o primeiro dia de competições nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015 em grande estilo. O sábado (8/08) começou com a medalha de ouro de Guilherme Germano Moraes, atleta da seleção brasileira de bocha e com as vitórias do goalball masculino e feminino, além do vôlei sentado masculino.

Guilherme e equipe (José Carlos Chagas, Maciel de Souza e Lucas Ferreira Araújo) começaram ganhando dos americanos por 11 a 2. Na sequência foi a vez dos argentinos ficarem para trás, com o placar de 14 a 4 para os brasileiros. Na final, a derrota para o Canadá não foi suficiente parar tirar os brasileiros da briga.

Os atletas conquistaram o ouro na classe BC1/BC2 (BC1 - atletas que precisam de auxílio para posicionar suas cadeiras de rodas e também é permitido a função de entregar a bola para o jogador; BC2 - atletas que podem movimentar suas cadeiras sem auxílio), no saldo de pontos, após empate triplo com argentinos e canadenses, medalhistas de prata e de bronze, respectivamente.

Guilherme Moraes, ouro na bocha paraolímpica
Guilherme Moraes, ouro na bocha paraolímpica. Foto: Divulgação

 

Ainda no período da manhã, foi a vez da equipe de goalball entrar em ação. Com Alex de Melo Sousa e Josemarcio da Silva Sousa, atletas do Sesi-SP, a seleção brasileira venceu com facilidade a Argentina no primeiro jogo da modalidade por 11 a 6. A equipe volta para quadra amanhã (9/08), para enfrentar Porto Rico, às 11h15 (horário de Brasília).

No feminino, Ana Carolina Custodio, Gleyse Priscila Portioli e Simone Camargo Rocha tiveram a mesma sorte dos companheiros de equipe. A seleção feminina de goalball venceu o time do Canadá por 3 a 1. Após um primeiro tempo disputado e com apenas um ponto de vantagem (1 a 0), as brasileiras voltaram ainda melhores na segunda etapa e venceram por dois pontos de diferença.

Fechando o primeiro dia de competições, Fabrício da Silva Pinto entrou em quadra com a seleção brasileira de vôlei sentado masculino, que com muita facilidade venceu o time do México por 3 sets 0 (25/9, 25/4 e 25/8). A equipe do Brasil enfrenta o Canadá, neste domingo (09/8), às 18h pela segunda rodada da fase classificatória. Ainda no domingo, é a vez de Andressa Luiza Santos, Edwarda de Oliveira Dias, Gilvania José de Lima, Gizele Maria da Costa Dias, Janaina Petit Cunha, Nathalie Filomena de Lima e Suellen Cristine Dellangelica Lima, atletas da indústria e da seleção feminina de vôlei sentado, entrarem em quadra. A estreia está marcada para 12h05, contra a equipe de Cuba.

Notícias Relacionadas