‘Estrutura do Sesi-SP é muito boa’, elogia Fernando Vanzella, novo treinador da natação feminina

Técnico recém-contratado afirma que novas atletas servirão de referência para as mais jovens

Juan Saavedra - 23/01/2013

Fernando Vanzella. Foto: Junior Ruiz
Foto: Junior Ruiz

Fernando Vanzella na coletiva que apresentou 
a nova equipe de natação feminina

Acostumado a participar das principais competições nacionais e internacionais, o técnico da seleção brasileira feminina de natação, Fernando Vanzella, contratado pelo Sesi-SP para comandar as meninas da modalidade, disse ter encontrado uma boa estrutura para desenvolver seu trabalho na unidade da Vila Leopoldina.

“Tem uma facilidade muito boa: uma unidade com uma piscina recém-inaugurada para o polo aquático, mas que serve para a natação, semiolímpica, de 25 metros, que desenvolve bem pela profundidade, é uma piscina rápida, com raia boa de treinamento e de competição”, elogiou.

Vanzella destacou o suporte fora das águas. “A estrutura é muito boa: uma sala de musculação bem preparada, um setor de fisioterapia moderno, com equipamentos sofisticados, tanto para a prevenção como para a recuperação”, citando ainda o apoio de uma equipe interdisciplinar que inclui profissionais de psicologia e nutrição, entre outros.

“Agora é trabalhar para que façamos uma preparação que flua de uma forma muito positiva, que é o que estamos encontrando. As meninas estão felizes de estar no projeto e tem tudo para a gente ter sucesso.”

O treinador ressaltou que os principais reforços – as atletas da seleção brasileira Ana Marcela Cunha, Daynara de Paula, Etiene Pires Medeiros e Jéssica Bruin Cavalheiro – vão treinar ao lado de atletas mais jovens, o que, segundo ele, não é tão comum em outras equipes por onde passou.

“Elas vão servir de modelo para as mais novas, que já são campeãs brasileiras ou medalhistas nas categorias delas. Elas têm uma função de serem referências.”

Currículo

Nomeado em outubro pela Confederação Brasileira de Deportes Aquáticos (CBDA), Vanzella tem o desafio de elevar os resultados da natação feminina nos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Tem passagens vitoriosas pelo Esporte Clube Pinheiros (1993-2006), onde conquistou quatro títulos José Finkel, e pelo Minas Tênis Clube (2006-2011), onde conquistou o Maria Lenk de 2011.

Participou de três Jogos Olímpicos como treinador de Lucas Salatta (Atenas-2004), Thiago Pereira (Pequim-2008) e Henrique Rodrigues (Londres-2012).

Treinou ainda um dos principais nomes da natação feminina brasileira, Joanna Maranhão.

É o treinador pessoal de dois reforços do Sesi-SP, Jéssica Bruin Cavalheiro e Daynara de Paula.

Leia mais