Equipe feminina do Sesi-SP não consegue superar as adversárias em Minas

Jogo terminou com o placar de 3 sets a 0 para o Camponesa

Graciliano Toni - 06/12/2015

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp 

Na tarde deste sábado (5/12), o time feminino de vôlei do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) enfrentou o Camponesa/Minas em Belo Horizonte pela sétima rodada da Superliga 2015/16. Com o placar de 3 sets a 0 para as mineiras (16/25, 20/25 e 22/25), a equipe da capital paulista ocupa agora a sétima posição com 10 pontos, o Minas sobre para o quarto lugar com 14.

O Sesi-SP encontrou dificuldades para anular a força dos ataques das ponteiras Carla e Mari Paraíba e viu as adversárias fecharam a primeira parcial com boa vantagem (16/25). Mantendo o bom ritmo, as mineiras não deram brechas para o crescimento da equipe Paulista. Jaqueline e Fabiana até chegaram a marcar e ensaiar uma recuperação do time, mas com o bloqueio bem posicionado, a mão afiada para os ataques e contando com a presença da campeã olímpica Tandara em quadra, o Minas fechou as duas parciais seguintes e garantiu os três pontos da rodada.

O Sesi-SP entrou em quadra com Fabiana, Ellen, Andreia, Jaqueline, Angélica, Pri Heldes e a líbero Suelen. Entraram Sabrina e Carol Leite. Com 15 pontos, a ponteira Jaqueline foi a maior pontuadora do Sesi-SP, seguida pela capitã Fabiana com 10. Rosamaria também marcou 15 vezes. Empagou com Jaque como maior pontuadora do jogo.

O time volta a jogar em casa na próxima terça-feira (8/12), às 20h. As meninas da capital paulista recebem o Renata Valinhos/Country, na Vila Leopoldina.

 

Notícias Relacionadas