Em noite de Murilo, Sesi-SP vence Canoas e conquista vaga na semifinal da Superliga

Equipe faz 3 sets a 0 e agora enfrenta time do Sada Cruzeiro, atual campeão da competiçã

Juan Saavedra e Talita Camargo - 17/03/2013

Com uma atuação memorável de Murilo, a equipe do Sesi-SP superou neste sábado (16/03), em São Paulo, o Móveis Kappesberg/Canoas por 3 sets a 0 (25/23, 26/26 e 25/21 no último jogo da série melhor de três válido pelas quartas de final da Superliga masculina 2012/13.

Com o resultado, o Sesi-SP avança para as semifinais. Enfrenta na próxima fase o Sada Cruzeiro, atual campeão da Superliga, também no sistema melhor de três. A ordem das partidas ainda não foi definida, mas a vantagem de mando de quadra em uma possível terceira partida é da equipe mineira, que cumpriu melhor campanha na fase de classificação.

 
Foto: Helcio Nagamine/Fiesp
Murilo, maior pontuador da partida, fez 18 pontos - 12 de ataque e seis de bloqueo.

 
No tira-teima com o Canoas, o ponteiro Murilo foi o maior pontuador, com 18 acertos – 12 de ataque e seis de bloqueio. O ponteiro Cléber fez 11. O jovem central Aracaju também se destacou, com 10 pontos – quatro de bloqueio. O oposto Lorena, com oito pontos, brilhou em outro fundamento: a defesa, salvando oito bolas.

“Jogamos bem durante os três sets e controlamos bastante o jogo”, comentou Murilo ao final da partida.  ”Hoje eu estava bem lúcido e consegui colocar em prática tudo aquilo que eu treinei durante a temporada. A maioria dos golpes entrou. Chamei um pouco a responsabilidade e o [levantador] Sandro me deixou em boas condições. Acho que foi a minha melhor partida [na Superliga]“, completou o camisa 8.

De acordo com Lorena, a semifinal com o Sada Cruzeiro será uma batalha. “Vamos ‘remar’ para chegar à final e tentar o nosso objetivo que é ser campeão”, acrescentou o oposto.

Na opinião do gestor de voleibol do Sesi-SP, José Montanaro, a equipe mostrou uma evolução na terceira partida diante do Canoas. “Nosso time hoje jogou muito bem. A equipe de Canoas jogou de forma muito consistente, jogou bravamente. Foi 3 a 0, mas tivemos que jogar muita bola para vencer. O Murilo se superou. Na minha opinião, foi a melhor partida do Murilo na Superliga até agora. Serginho foi excelente. O Aracaju, que entrou para substituir Sidão e Tiago Barth [ambos recuperando-se de lesões],  foi muito bem. Nossa equipe está crescendo na parte mais importante do campeonato.”

O jogo

Quartas de Final da Superliga Masculina  
Foto: Hélcio Nagamini 
Com a vitória, Sesi-SP enfrentará a equipe do Cruzeiro na disputa de semifinal da Superliga 
 
 

No início do primeiro set, o Canoas não cometeu erros e chegou a abrir dois pontos (05/03) quando uma bola de Lorena tocou na antena. Murilo, de bloqueio, empatou (05/05), mas o Canoas chegou ao primeiro tempo técnico na frente (08/07). Na volta, o Canoas fez 13/10, forçando pedido de tempo de Giovane Gávio. O Sesi-SP encostou com uma bola rápida do central Aracaju. Foi a vez de Paulão pedir tempo. O garoto revelado na base do Sesi-SP prosseguiu bem e empatou a contagem (14/14). No ponto seguinte, depois de uma bela defesa de Lorena, Murilo botou a bola no chão. O ponteiro do Sesi-SP prosseguiu bem e fez mais um de bloqueio (16/15). No retorno da segunda parada obrigatória, o Sesi-SP manteve a regularidade e abriu sua maior margem no placar. Aracaju fez de bloqueio depois de outra defesa salvadora de Lorena (18/15). Sandro variou as jogadas, acionando Cléber pela ponta (19/16) e Aracaju pelo meio (20/17). O Canoas não se intimidou e buscou o empate (22/22), preocupando a torcida. Mas o Sesi-SP manteve a calma e fechou com mais um ponto de bloqueio de Murilo (25/23) em 32 minutos.

No segundo set, um erro de Minuzzi na largadinha deixou o Sesi-SP abrir um 03/01, o que provocou um pedido de tempo de Paulão. O Sesi-SP manteve a dianteira e chegou ao primeiro tempo técnico com três pontos de vantagem (08/05). Na volta, a margem subiu para cinco pontos (11/06). O Canoas subiu e rendimento e reduziu para dois pontos, mas um Murilo inspirado no bloqueio fez o Sesi-SP ganhar um ponto importante (15/12). O mesmo Murilo, com ótimo tempo de bola no bloqueio, fez 17/12. O Canoas não se entregou e, depois de dois pontos seguidos de Éder, encostou novamente no placar (20/22). Lorena cravou uma bola (22/33), mas os visitantes chegaram duas vezes ao empate (23/23) e (24/24). O Sesi-SP não se perturbou e fechou o set em bloqueio de Aracaju: 26/24 em 36 minutos.

A exemplo dos demais, o terceiro set também começou com troca de pontos de lado a lado. Sandro continuou mostrando confiança no central Aracaju, que fez o 06/05. O Canoas, muito determinado, foi para o primeiro tempo técnico com vantagem mínima (08/07). O time gaúcho manteve essa margem mínima e fez 17/16 depois da segunda parada obrigatória, mas o Sesi-SP não se abalou e virou para 23/20 em ponto de bloqueio. O primeiro match point veio com o camisa oito, Murilo (24/21). Muito concentrado em todos os fundamentos, o Sesi-SP fechou em 30 minutos: 25/21.

Acompanhe o vôlei do Sesi-SP nas redes sociais

Twitter: @sesisp_volei 
Facebook: www.facebook.com/sesisp.volei


Notícias Relacionadas