Em jogo pela Superliga feminina, Sesi-SP perde para o Vôlei Nestlé

Mesmo jogando em casa, equipe da capital paulista ficou atrás com o placar de 3 a 0

Isabela - 30/11/2017

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

O time feminino de vôlei do Sesi-SP entrou em quadra na noite desta quinta-feira (30/11),  fez o que pôde, mas acabou superado pelo Vôlei Nestlé. No clássico paulista, a equipe do técnico Rodolfo Lino acabou derrotada por 3 sets a 0 (15/25, 17/25 e 17/25), no ginásio do Sesi em Santo André, e permanece na décima primeira posição da Superliga 2017/18. O jogo foi válido pela décima rodada da competição. O próximo confronto será contra o Fluminense, no próximo sábado (09/12), às 15h, no ginásio do Hebraica, Rio de Janeiro.

Mesmo jogando em casa e com o apoio da torcida, as meninas do Sesi-SP tiveram dificuldades para anular a força dos ataques da Tandara, Leyva e companhia. O grupo da casa até chegou a demonstrar crescimento no terceiro set, pontuou e seguiu boa parte na cola do time de Osasco. Mas os erros do Sesi-SP deram espaço para a força adversária, que teve a oposta Tandara eleita a melhor em quadra, ficando com o troféu VivaVôlei e a artilharia da partida ao marcar 15 pontos.

Destaque da partida pelo lado do Sesi-SP com oito pontos, a central Raquel comentou que o turno não vem sendo fácil, mas que a união da equipe tem motivado sempre. “A nossa cabeça fica a milhão mesmo, mas o que nos mantem motivadas é a união do grupo, da comissão técnica, isso torna o time prazeroso de se trabalhar. Entramos em quadra pensando em cada jogo, independente da colocação. E agora temos que focar na última rodada dessa primeira fase e depois em buscar fazer um returno melhor”.

 O Sesi-SP entrou em quadra com a levantadora Pri Heldes, a oposta Neneca, as centrais Marjorie e Raquel, as ponteiras Nikolle e Domingas e a líbero Erika Pão. Entraram Dani Suco, Cássia e Glayce.

Notícias Relacionadas