De olho nos próximos ciclos olímpicos, Sesi-SP apresenta novo projeto para natação

Está prevista ampliação no atendimento direto aos atletas

- 29/09/2016

Agência Indusnet Fiesp

Um dos principais objetivos do Sesi-SP é estabelecer novos conceitos para o Treinamento Esportivo no Brasil, além de fortalecer o esporte de rendimento em diversas categorias e modalidades. E agora, após a realização dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a entidade renova seus desafios e lança o novo projeto para a natação brasileira visando ao ciclo olímpico 2020/2024.

Em 2008, o Sesi-SP, por iniciativa de seu presidente, Paulo Skaf, instituiu o Programa Rendimento Esportivo, com o Polo Aquático. Já em 2009, ano de expansão para novas modalidades, houve a implantação da natação na cidade de São Paulo – unidade da Vila Leopoldina, onde foi estruturado um projeto para o período 2012/2016.

Nesse intervalo, as atividades foram realizadas para alavancar suas estruturas físicas, disseminar e massificar a modalidade nas unidades do Sesi-SP. Com uma equipe técnica composta por um supervisor e mais quatro técnicos, foram abertos os programas de Rendimento Esportivo (alta performance), Treinamento Esportivo (fase intermediária) e o Programa Sesi-SP Atleta do Futuro (formação esportiva) atendendo jovens alunos/atletas e garimpando os futuros talentos.

Com os investimentos e as propostas de desenvolvimento do esporte na instituição, as ações foram disseminadas para todo o Estado por meio de capacitações técnicas, disponibilização de material didático, realização de clínicas e festivais esportivos. Esse conjunto de atuações permitiu, desde o início do projeto, manter nas principais equipes de rendimento esportivo 89% dos atletas oriundos dos produtos do Sesi-SP, como demonstra o quadro abaixo.

 

 

Unidades

Alunos/atletas

Atleta do Futuro

43

4.155

Treinamento Esportivo

17

402

Rendimento Esportivo

4

147

 

Para o novo ciclo, o projeto 2020/2024 mira na ampliação no atendimento direto aos atletas, especifica o tratamento dos potenciais olímpicos e qualifica a base de formação esportiva da natação. Para isso, o Sesi-SP estruturou uma nova ação técnica em duas perspectivas:

Visando 2020, sob a coordenação do treinador Fernando Vanzella e o auxílio de uma equipe multidisciplinar, com biomecânico, psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, médico, preparador físico e terapeuta, será formado um grupo de atletas que já possuem resultados e experiência, com o foco no próximo ciclo olímpico.

Já de olho em 2024, um grupo com cerca de 200 atletas, distribuídos em quatro unidades do Sesi no Estado de São Paulo terá a coordenação de Thiago Budicin e o apoio de dez técnicos. Além do olhar clinico na formação de cada nadador, o projeto desenvolverá ações de capacitações técnicas, vivências em oficinas esportivas, “camps” e eventos motivacionais para outras 40 unidades do Sesi-SP, atingindo 40 professores e impactando na formação de cerca de 10.000 alunos na faixa etária de 6 a 17 anos.

Dentro do novo projeto, ações da “Liga Sesi-SP de Treinamento Esportivo” irão promover competições e atividades no decorrer do ano de 2017. Divididas em várias etapas e de olho nos princípios da Pedagogia do Exemplo, as finais destes eventos esportivos contarão com a presença dos atletas do rendimento, “Foco 2020”, prestigiando e motivando os participantes. Assim, a perspectiva para o cenário esportivo demonstra mais amplitude:

 

Projeção para 2017/2018

Unidades

Alunos/atletas

Atleta do Futuro

48

10.000

Treinamento Esportivo

30

1.000

Rendimento Esportivo

4

200

 

Notícias Relacionadas