Com três atletas do Sesi-SP, polo aquático do Brasil tenta avançar em Kazan

Seleção enfrentou de igual para igual a Croácia, atual campeã olímpica

Graciliano - 30/07/2015

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Em jogo acirrado e com grande atuação, a seleção masculina de polo aquático do Brasil lutou, mas acabou perdendo para os atuais campeões olímpicos, os croatas, por apenas um gol de diferença. Com Gustavo “Grummy”, Paulo Salemi e Bernardo Reis “Braga”, atletas de polo aquático do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), a seleção entrou na piscina na tarde de quarta-feira (29/7) e terminou a segunda partida no Mundial de Kazan com o placar de 9 a 10 (BRA 2X4 CRO, 2X4, 2X1 e 3X1).

O jogo começou com a Croácia abrindo dois gols logo nos primeiros minutos e o Brasil empatando na sequência. Mesmo com a força que os brasileiros demonstravam na piscina, os croatas não se intimidaram. Aproveitando uma vantagem no número de jogadores, fecharam o segundo quarto em 4 a 2. Na sequência do jogo, com gols de Adrian e Ives, o Brasil continuou a busca pelo placar e encostou em 6 a 8.

No último quarto, o mais emocionante da partida, o Brasil tinha a posse de bola e a chance de empatar o placar com 15 segundos para o fim do jogo. Os brasileiros não conseguiram igualar o marcador, terminando atrás com apenas um gol de diferença. Mas, mesmo sem repetir o êxito da Super Liga, em que venceu por 17 a 10, em julho, a equipe do Brasil demonstrou consistência tática e maturidade.

Os gols brasileiros foram marcados por Jonas Crivella (2), Felipe Perrone (2), Josip Vrlic (2), Ives Gonzales, Bernardo Gomes e Adrian Delgado. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil tem grande possibilidade de seguir na competição e passar para a próxima fase como segundo colocado. Para isto, o Brasil precisa vencer o Canadá, nesta sexta-feira (31/7), às 14h10 (horário de Brasília) e torcer para a seleção da China não vencer os croatas.

Notícias Relacionadas