Com atletas do Sesi-SP, modalidades coletivas vencem no 2º dia de Parapan

Equipes de vôlei sentado e goalball voltam à quadra nesta segunda-feira

Graciliano Toni - 09/08/2015

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

O segundo dia de competições nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015, no Canadá, foi bem produtivo para a seleção brasileira. Com 13 atletas do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em quadra, as equipes femininas e masculinas do Brasil de goalball e de vôlei sentado venceram seus adversários neste domingo (9/08).

O dia começou com a estreia da equipe feminina de vôlei sentado do Brasil. Andressa Santos, Edwarda Dias, Gilvania José, Gizele Maria, Janaina Petit, Nathalie Filomena e Suellen Cristine, atletas do Sesi-SP, entraram em quadra e venceram com facilidade a equipe de Cuba. Após o placar de 3 sets a 0 (25/3, 25/9 e 25/19) contra as cubanas, as brasileiras se preparam para enfrentar as canadenses, nesta segunda-feira (10/8), às 18h (horário de Brasília).

No masculino, Fabrício da Silva Pinto, também atleta da indústria, ajudou seus companheiros de equipe a passar pelos canadenses por 3 sets a 0 (25/16, 25/15 e 25/23). Com a segunda vitória consecutiva, o vôlei brasileiro segue forte para a partida contra a Costa Rica, nesta segunda, às 10h (horário de Brasília).

Depois das estreias com vitória, os times feminino e masculino de goalball voltaram a vencer neste domingo. Com 3 atletas do Sesi-SP representando o Brasil, a equipe feminina goleou El Salvador: 10 a 0. Foi o mesmo placar da seleção brasileira masculina, com 2 atletas do Sesi-SP, contra Porto Rico.  As seleções voltam para a quadra também nesta segunda-feira e enfrentarão os Estados Unidos. Os homens jogam às 10h (horário de Brasília), e na sequência, por volta de 13h45, é a vez das mulheres enfrentarem as norte-americanas.

Ainda no segundo dia de competições, Guilherme Germano Moraes disputou a fase classificatória da bocha individual na classe BC1 (atletas que precisam de auxílio para posicionar suas cadeiras de rodas, sendo também permitido entregar a bola para o jogador), após ganhar o ouro na modalidade por equipes no primeiro dia de Parapan. Guilherme começou enfrentando o canadense Hanif Mawji e perdeu por 9 a 1. Na segunda disputa o brasileiro não conseguiu superar o argentino Maurício Ibarbure (6 a 3) e acabou fora da competição.

José Marcio (5)
Equipe brasileira de goalball, com Josemarcio da Silva Souza (5). Foto: CPB/Divulgação

Notícias Relacionadas