Menu Site
 Por: Por Núcleo de Comunicação
09/11/2018 10:29 - atualizado às 13:51 em 09/11/2018

Estudantes de escolas do SESI-SP de Agudos, Boituva, José Bonifácio e São José do Rio Preto viverão uma experiência inesquecível nos próximos dias. Entre os dias 16 e 18 de novembro, eles estarão na Tailândia para participar da WRO (World Robot Olympiad), considerada hoje como a maior competição de robótica do mundo. O evento terá representantes de 68 países.

Este ano, os alunos têm a missão de construir robôs que tragam soluções para os problemas na produção e na manipulação de alimentos, que auxiliem e sustentem a forma como cultivamos, produzimos, compartilhamos e consumimos esses alimentos, com foco no desenvolvimento sustentável. Com isso, cada robô poderá contribuir com uma das metas de sustentabilidade da ONU, pensando em soluções para promover a agricultura sustentável, melhorar a nutrição, alcançar a segurança alimentar e acabar com a fome.

Os quatro grupos conquistaram essas vagas durante a etapa regional realizada no SESI de Presidente Epitácio no mês de agosto. São José do Rio Preto e Boituva competem na categoria Regular, enquanto Agudo e José Bonifácio disputam a categoria Open.

A equipe de Agudos é formada por Giovana Siqueira de Alencar, Rebeca Euzébio Bettoni e Raul Vitor Miqueletto Vieira, sob a supervisão da técnica Patrícia Mattioli.

A equipe de Boituva, bicampeã da rede SESI-SP, é formada por Brunno Perez Bocardo, Emerson de Moura Campos Junior e Thiago Gonçalves Teixeira, sob a supervisão do técnico Fabio Henrique e Silva Lima.

A equipe de José Bonifácio é formada por Armany Daniel Lourenço, Isabella da Gama Lechado e Letícia Moreno Rodrigues, sob a coordenação do técnico Rafael Fernando Perez.

A equipe de São José do Rio Preto é formada por Vinicius Fernandes Medina, Rafael Vinicius Brambilla Alves e Gabriel Henrique Gonçalves Barreto, sob a coordenação do técnico Lucas Fernando Guzo.

Sobre a WRO

A WRO é um evento para a ciência, tecnologia e educação, que reúne jovens de todo o mundo para desenvolver a criatividade e as habilidades de resolução de problemas por meio de competições de robótica desafiadoras e educacionais.

As escolas são convidadas a formar uma equipe de três alunos e a participar da competição. As equipes precisam criar, projetar e construir um modelo de robôs que se parecem ou se comportam como um atleta humano. A competição começa a partir de etapas preliminares até o julgamento final.

Objetivos

  • Proporcionar aos alunos uma oportunidade de expandir seus horizontes através da exploração de robôs e sistemas robóticos na escola;
  • Introduzir o conceito da ciência moderna em atividades educacionais da escola em ciência e tecnologia;
  • Fornecer uma oportunidade para promover o pensamento criativo, melhorar a comunicação e as habilidades de cooperação, e fortalecer a capacidade de adquirir novos conhecimentos altamente relevante para a educação moderna;
  • Reunir os jovens de todo o mundo para desenvolver a criatividade e as habilidades de resolução de problemas através da competição de robôs de forma desafiadora e educacional;
  • Ampliar a visão dos jovens na aplicação da ciência e tecnologia, melhorar a eficiência de aprendizagem e incentivar nossos jovens a ser futuros cientistas, engenheiros e inventores.